Comércios cumprirão NOVAS regras de funcionamento no Nordeste

Proliferação do coronavírus prorroga o prazo da quarentena no Nordeste, e o fechamento dos comércios. Nessa terça-feira (6), o governo do Ceará anunciou que o isolamento social ganhará novos reforços em todo o território. Entre as medidas já divulgadas, a região terá o uso de máscaras como obrigatório e cobrará multa para aqueles que descumprirem as determinações. Até o momento, a secretaria da saúde já contabilizou 712 mortes, sendo o terceiro estado com o maior número de casos do país.  

Comércios de serviços essenciais cumprirão novas regras de funcionamento no Nordeste (Imagem: Reprodução - Prefeitura de Fortaleza)
Comércios cumprirão novas regras de funcionamento no Nordeste (Imagem: Reprodução – Prefeitura de Fortaleza)

De acordo com os dados do governo estadual, somente nas últimas 24h o número de infectados cresceu em cerca de 32%, ao todo são mais de 11.040 casos. A população vem enfraquecendo a quarentena, circulando e formando aglomerações em supermercados e agências bancárias.  

Fortaleza fiscalizará ruas e comércios 

A partir desta sexta-feira (8), a capital Fortaleza ficará com suas ruas monitoradas. Os agentes da prefeitura estarão realizando fiscalizações para poder conter o número de pessoas e carros em espaços públicos. 

Segundo o prefeito, Roberto Cláudio (PDT), deverão funcionar apenas serviços essenciais, como farmácias e mercados, mas sob restrições de segurança. “Aplicaremos novas medidas de cuidado, de prevenção dentro do funcionamento das atividades essenciais”, pontuou Cláudio. 

Espaços como praças, praias e orlas ficaram suspensos até o dia 20 de maio. Aqueles que descumprirem serão multados pelos agentes e convidados a se retirarem das regiões.  

Aplicação das medidas 

A primeira iniciativa de isolamento social no Ceará foi aplicada ainda no mês de março. O governo paralisou as atividades entre o dia 20 de março até 20 de abril. No entanto, o prazo vem sendo renovado desde então, a considerar o crescimento no número de casos.  

Ao anunciar as medidas, o governador Camilo Santana (PT) fez um apelo para que a população cumprisse as determinações. Ele explicou que cabe ao poder público elaborar estratégias para conter a pandemia, mas que a situação também exige compreensão por parte dos cidadãos. 

Em sua fala, Camilo reforçou que o sistema de saúde do Ceará chegou ao limite, estando com leitos, respiradores e demais medicamentos esgotados.  

“E garantir que nós possamos ampliar o sistema público de saúde para atender as pessoas. Para minimizar os impactos da pandemia e salvar vidas”.  

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.