Segunda parcela do auxílio de R$600 pode ganhar NOVAS regras de pagamento

Nesta segunda-feira (4), o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou em coletiva de imprensa que pode realizar modificações no calendário de pagamento da segunda parcela do auxílio de R$600. 

Segunda parcela do auxílio de R$600 pode ganhar NOVAS regras de pagamento
Segunda parcela do auxílio de R$600 pode ganhar NOVAS regras de pagamento(Imagem FDR)

Caso sejam aprovadas, as novas regras devem ser anunciadas nesta semana. A ideia foi discutida pelo Ministro Onyx Lorenzoni, e o presidente Jair Bolsonaro. 

A proposta é que o calendário dos beneficiários do Bolsa Família, e os trabalhadores que não tenham conta em banco, os dois públicos mais carentes, não se coincidam.  

O intuito é evitar aglomerações e filas nas agências, como forma de impedir a disseminação do coronavírus. 

No calendário atual, a segunda parcela será paga para os beneficiários do Bolsa Família a partir do dia 18 e termina no dia 29 de maio.

No início, a Caixa disse que iria pagar a segunda parcela do auxílio de R$600 para o público que possuí cadastro no Cadúnico em 27 de abril. Mas recuou, com a justificativa de que seria necessária finalizar o primeiro lote antes de dar início ao próximo. 

Para os trabalhadores que estão fora do CadÚnico ainda não pode ser prevista a data de pagamento da segunda parcela, pois permanecem em análise 6 milhões de cadastros para o primeiro pedido. 

“Eles podem ser aprovados, não aprovados ou classificados como inconclusivos”, diz o executivo.

Guimarães disse que ambos os públicos precisam de ajuda pessoal nas agências, e não estão acostumados a usar aplicativos. “Além disso, no primeiro dia de pagamento muitos deles já buscam as agências, por conta da necessidade”.

O presidente do banco espera que o pagamento da segunda parcela seja realizado de forma mais organizada e tenha menos filas.

“Isso porque já criamos e validamos a nossa base dados. Na primeira parcela teríamos de ter pago um mês depois para que o calendário fosse organizado. Optamos por pagar mais rápido”.

Guimarães anunciou que já foi possível reduzir “sensívelmente” as filas para os saques de benefícios ao abrir agências aos sábados, e em horários estendidos.

Desde esta segunda-feira (4), as 4 mil agências da Caixa passaram a abrir às 8h. “Por volta das 14h e 15h, visitei agências que não tinham mais filas para fora, na rua”.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.