No Brasil, dólar volta a subir enquanto Europa e EUA sofrem com economia

Com o novo coronavírus apontando e causando diversas modificações ligadas a economia, pontos estão sendo observados, inclusive a de comercialização de moedas. Neste sentido, ao observar nesta quinta-feira (30), o dólar teve alta. No dia anterior o câmbio operava em baixa, estava sendo comercializada em cerca de R$3,40.

No Brasil, dólar volta a subir enquanto Europa e EUA sofrem com economia
No Brasil, dólar volta a subir enquanto Europa e EUA sofrem com economia (Imagem: Montagem/FDR)

Às 15h20 do dia 30 a moeda americana era negociada com alta de 1,75%, valendo R$ 5,45. As variações estão sendo aplicadas em diferentes centros, especificamente ligadas em questões políticas.

Além do Covid-19, a tensão política no Brasil tem contribuído de forma mais estratégica e negativa nessas variações. Relatório divulgado do seguro-desemprego nos EUA, interrompeu o movimento de desvalorização do dólar.

No Brasil, a Bolsa de São Paulo, o Ibovespa, caiu 2,73%, aos 80.904 pontos, acompanhando Wall Street. Já o Dow Jones recua 0,85%. Por outra vez, a S&P 500 e Nasdaq perdem, respectivamente, 0,87% e 0,01%.

Os efeitos mundiais estão sendo diversificados, mas todas tem pontuado questões altas. Na Espanha, a contratação teve o maior mínimo e que teve contratação de 5,2%, sendo a maior queda desde a Guerra Civil espanhola (1936-1939).

Já na França, o tombo foi de 5,8% em igual período, maior queda desde 1949. Em análise, as Bolsas europeias operaram em queda, representando O FTSE (Londres) cai 3,02%. CAC (Paris) e Ibex (Madri) perdem, respectivamente, 1,69% e 1,55%.

Nos EUA, nas últimas seis semanas, o total chega a 30,3 milhões, o que representa cerca de 18,3% de toda a força de trabalho dos EUA. Estas instabilidades tem pontuado de forma negativa na formulação da moeda.

Mas na tentativa de auxiliar a Europa, o Banco Central do continente lançou novos pacotes de empréstimo para os bancos de todos os países com um número e taxas mais baixas.

Para reforçar o acesso do sistema bancário europeu a fundos e evitar a escassez de crédito, o BCE disse que emprestaria dinheiro a taxas iguais ou inferiores a 1% aos bancos.

Cotações do Dólar – 30 de abril

MOEDA   COMPRA VENDA VAR(%)
Peso Argentino 0,081 0,081 1,87
Dólar Australiano 3,551 3,552 1,33
Dólar Canadense 3,909 3,911 1,38
Franco Suíço 5,61 5,612 0,76
Dólar Comercial 5,448 5,449 1,66
Dólar Turismo 5,23 5,67 1,79
Euro 5,966 5,967 2,38
Libra Esterlina 6,838 6,839 1,36

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.