Pesquisa registra MENOR índice de confiança do consumidor em 15 anos

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC), que é medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 22 pontos em abril na comparação com mês de março deste mesmo ano. 

Pesquisa registra MENOR índice de confiança do consumidor em 15 anos
Pesquisa registra MENOR índice de confiança do consumidor em 15 anos (Foto:Google)

De acordo com as informações da pesquisa, o indicador chegou a 58,2 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Este é o menor nível da série histórica iniciada em setembro de 2005.

O mínimo histórico anterior era o de dezembro de 2015, no qual a pontuação atingiu 64,9 pontos. 

As avaliações sobre o presente quanto às expectativas em relação ao futuro recuaram. O Índice de Situação Atual, que mede a confiança no presente, caiu 10,5 pontos para 65,6 pontos, o menor nível desde o menor nível desde o mês de dezembro que atingiu 64,8 pontos. 

O índice de expectativas, que mede a confiança no futuro, recuou 28,9 pontos para 55 pontos, alcançando o menor valor da série histórica.

Dentre os quesitos que integram o ICC, o indicador que mede a intenção de compras de bens duráveis nos próximos meses foi o que mais contribuiu para a queda do indicador. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Novo Cartão de crédito queridinho do Brasil, sem anuidade e que você pode solicitar agora 34.787 pessoas já solicitaram

Segundo a pesquisadora da FGV Viviane Seda Bittencourt, com a pandemia do coronavírus e as consequentes medidas de isolamento social, os consumidores percebem a piora da situação econômica do país e quanto isso afeta suas condições financeiras, nesse momento.

“É difícil ainda enxergar uma melhora significativa nos próximos meses, dado o nível elevado de incerteza econômica e política”, afirma Viviane Seda Bittencourt.

Isso fez o índice de Confiança do Comércio (Icom), que é medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), obter uma queda de 26,9 pontos na passagem de março para o mês de abril deste ano. 

Com isso, esse foi o maior recuo do indicador em toda a série iniciada no mês de abril de 2010, o Icom chegou a 61,2 pontos em uma escala de zero a 200. Esse também é o menor patamar do indicador na série.

Essa confiança caiu em todos os seis segmentos que foram pesquisados pela FGV. Houve pioras na confiança dos empresários do comércio tanto em relação ao presente quanto em relação ao futuro.

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.