Fez cadastro no auxílio emergencial entre 7 e 10 de abril? Ministério manda recado para VOCÊ

Novo chamado do Ministério da Cidadania. Nessa quinta-feira (23), o governo informou que, aqueles que se cadastraram no site e aplicativo do Auxílio Emergencial, entre os dias 7 e 10 de abril e ainda não obtiveram resposta devem refazer a solicitação. O registro não foi validado, pois segundo o governo, a ferramenta passou por atualizações que não contabilizaram os dados enviados. Desse modo, é preciso que esse grupo revise as informações e confirmem o pedido.  

Fez cadastro no auxílio emergencial entre 7 e 10 de abril? Ministério manda recado para VOCÊ (Imagem: Reprodução - Google)
Fez cadastro no auxílio emergencial entre 7 e 10 de abril? Ministério manda recado para VOCÊ (Imagem: Reprodução – Google)

O ministério informou que, a atualização aconteceu para poder otimizar o funcionamento das solicitações, de modo que tornasse os pedidos futuros mais fáceis de serem aprovados. No texto liberado, a gestão informa que os cadastros que estavam de acordo com as regras do benefício serão aprovados.  

Mudanças nas datas de pagamento 

Além de pedir que os envios fossem refeitos, o comunicado informou também que a antecipação da segunda parcela não poderá acontecer como o previsto. O motivo do cancelamento está relacionado a quantidade de pedidos feitos nas últimas semanas. Foram registrados mais de 30 milhões de novos cadastros.  

Desse modo, a Advocacia Geral da União solicitou que o governo organizasse o pagamento total de todos aqueles que ainda irão receber a primeira parcela e só na sequência liberasse a segunda rodada. Espera-se que os novos cadastrados recebam até este domingo (26).  

“Por fatores legais e orçamentários, pelo alto número de requerentes que ainda estão em análise, estamos impedidos legalmente de fazer a antecipação da segunda parcela do auxílio-emergencial“, informou o governo federal. 

Novo calendário do auxílio emergencial

Até o momento, a gestão ainda não anunciou um novo calendário. No comunicado dessa quarta-feira (23), o Ministério da Cidadania informou que está avaliando com o Ministério da Economia uma nova previsão com a aprovação dos acréscimos orçamentários.  

“Após a definição da suplementação orçamentária a ser feita pelo Ministério da Economia, iremos completar o atendimento da primeira parcela e anunciar o calendário de pagamento da segunda parcela do Auxílio-Emergencial no mês de maio”, diz a nota. 

Até o momento, cada parcela do coronavoucher conta com um valor público de R$ 32,7 bilhões. Desse total, R$ 31,3 bilhões já foram transferidos e há mais 12 milhões de cadastros que deverão ser contemplados. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA