Meu auxílio emergencial continua em análise! Quando vou ter uma reposta?

Milhões de brasileiros já receberam o auxílio emergencial do governo, mas ainda é imenso o número de pessoas habilitadas no cadastro que ainda não tiveram acesso ao valor na conta. A Caixa Econômica Federal não cumpriu a promessa de analisar os pedidos em 5 dias úteis. O que acontece agora?

Meu auxílio emergencial continua em análise! Quando vou ter uma reposta? (Imagem: Montagem FDR)
Meu auxílio emergencial continua em análise! Quando vou ter uma reposta? (Imagem: Montagem FDR)

A Dataprev e a CAIXA afirmaram nesta terça-feira (21), a análise dos primeiros 23,1 milhões de pedidos do auxílio emergencial de R$ 600, feitos entre 7 e 10 de abril foi concluído.

Ou seja, quem terminou o cadastro para receber o auxílio e fez o pedido até 10 de abril já obteve a resposta no aplicativo ou site da CAIXA.

O novo prazo de resposta é para os cadastro concluídos entre 11 e 17 de abril. Ainda de acordo com os órgãos, os pedidos serão analisados até essa sexta-feira (24).

A instituição financeira afirmou o motivo do atraso como culpa dos usuários que não têm direito ao auxílio, mas que acessam o aplicativo mesmo assim. Ou seja, sobrecarregam o sistema.

Auxílio emergencial em análise até agora será negado?

Não necessariamente. Por conta da alta demanda e sobrecarga no sistema, o atraso é considerado “procedimento normal” pelo órgão. O benefício será negado caso o cidadão não cumpra todos os requisitos necessários. São eles:

  • O beneficiário precisa maior de 18 anos
  • Ter renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 3.135) ou renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 522,50)
  • Não ter carteira assinada
  • SER MEI (Microempreendedor Individual)
  • Não ter obtido rendimentos tributáveis acima do teto de R$ 28.559,70 em 2018 (Declaração de Imposto de Renda)
  • Não estar recebendo o seguro-desemprego
  • Não pode ser aposentado ou pensionista INSS ou receber outro benefício do governo, exceto programa Bolsa Família

Quem teve auxílio emergencial negado, pode recorrer?

Caixa divulgou nesta segunda-feira (20), que quem teve o benefício negado poderá contestar a resposta ou realizar um novo cadastro com o CPF regularizado pelo aplicativo do auxílio emergencial ou no site (clicando aqui).

caixa auxilio emergencial
Aba inicial do site do auxílio emergencial (Imagem: Reprodução CAIXA)

Amanda CastroAmanda Castro
Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, é também redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular, finanças e programas sociais.