Governo lança plataforma de pedido online do seguro desemprego

Os empregados que precisam solicitar o seguro-desemprego agora contam com uma novidade. A secretaria da Previdência Social e Trabalho lançou uma nova plataforma para a solicitação do seguro pela internet. Os trabalhadores domésticos eram os únicos que precisavam ir em um posto de atendimento do SINE ou à Superintendência Regional do Trabalho para requerer o benefício.

Governo lança plataforma de pedido online do seguro desemprego
Governo lança plataforma de pedido online do seguro desemprego (Foto: Google)

O seguro-desemprego para domésticas tem valor máximo de um salário mínimo vigente (R$1.045), e não muda nem mesmo para trabalhadores que recebiam o piso regional de algum estado onde trabalhava. Após a solicitação ser enviada, o processo de análise leva 20 dias para ser concluída, de acordo com informações do governo.

Leia Mais: Emprego para Jovens: MP Verde e Amarelo pretende estimular vagas

Trabalhadores que podem solicitar

Para comprovar a demissão sem justa causa, o requerente deve ter estes documentos

  • Carteira de Trabalho e Previdência Social, na qual deverão estar a anotação do contrato de trabalho doméstico e a data de dispensa, de modo a comprovar o vínculo empregatício, como empregado(a) doméstico(a), durante pelo menos 15 meses nos últimos 24 meses.
  • Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho.
  • Declaração de que não está recebendo o Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas) da Previdência Social, com exceção do auxílio-acidente e pensão por morte.
  • Declaração de que não possui fonte de renda própria de qualquer natureza que seja suficiente para sustento próprio ou da família.

Aprenda a solicitar o seguro desemprego online

  1. Acesse a página do seguro desemprego no portal gov.br;
  2. Clique em Solicitar e preencha o formulário do Seguro-Desemprego do Empregador Doméstico.
  3. Você vai ver um formulário, onde o trabalhador deve inserir seus dados de identificação, e os dados de identificação do vínculo. O requerente deve também anexar a documentação que é exigida para a concessão do seguro-desemprego.

Os documentos que serão solicitados em todos os casos

  • Cópia da Carteira de Trabalho e Previdência Social
  • Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho
  • RG
  • Sentença judicial (se houver)
  • Comprovante de residência (opcional).

A partir do envio da documentação, as informações dos trabalhadores vão ser incluídas na base de dados do Portal Mais Emprego e vão passar por uma verificação que determinará se o solicitante está apto para receber o benefício. De acordo com o governo, a análise pode levar até 20 dias.

Leia Mais: Conta poupança digital: PASSO A PASSO para abrir a sua

Quando a análise for concluída, o trabalhador será informado pelo site ou telefone 158 do governo se teve ou não o pedido do seguro aceito. Se a resposta for positiva, serão emitidas as parcelas do benefício.

Caso a resposta seja negativa, o sistema apresentará uma notificação informando o motivo pelo qual o benefício não foi concedido.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA