‘Cartão Merenda Social’ é lançado no interior de São Paulo

A pandemia do novo coronavírus paralisou as aulas em todo o Brasil. Pensando nos alunos que dependiam da merenda escolar, a prefeitura de Sorocaba liberou Cartão Merenda Social para compra de alimentos para os alunos da rede pública.

'Cartão Merenda Social' é lançado no interior de São Paulo
‘Cartão Merenda Social’ é lançado no interior de São Paulo (Foto: Google)

O cartão Merenda Social tem o valor de R$56 e pode ser utilizado em supermercados e estabelecimentos comerciais durante o período que as aulas permanecerem suspensas.

Leia Mais: Conta poupança digital: PASSO A PASSO para abrir a sua

Jaqueline Coutinho, prefeita de Sorocaba, informou que o cartão vai beneficiar cerca de 9.800 alunos das escolas municipais que vivem em uma situação mais vulnerável economicamente. Os gastos com este cartão serão custeados com recursos próprios da prefeitura oriundos do tesouro municipal.

A prefeita disse que “esses alunos foram identificados com base no CadÚnico e no Bolsa Família. O depósito será validado no cartão por volta do último dia do mês. Caso haja necessidade da suspensão das aulas, teremos em abril, maio e nos meses subsequentes”.

Jaqueline também informou que as famílias deverão retirar o cartão nas escolas onde os alunos estão matriculados. Os funcionários entrarão em contato com as famílias informando a data para retirada.

A empresa responsável pela administração do cartão será contratada nesta quarta-feira (22) e após um período de 10 a 15 dias, o cartão chegará para as famílias.

A prefeita finaliza dizendo que o cartão merenda social é custeado com recursos da própria prefeitura, e não de verba federal. “Já existe decisão do Tribunal da Justiça que se posiciona nesse sentido, as prefeituras podem ofertar o kit alimentação, kit merenda ou cartão merenda para alunos inseridos no CAD Único ou Bolsa Família”, disse Jaqueline.

Kit de merenda em Votorantim

Em outra cidade do interior paulista, Votorantim, a ajuda aos alunos da rede pública será através do kit merenda escolar. O kit será dado as famílias dos 12.800 alunos do sistema municipal e creches conveniadas.

Os kits serão custeados pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar que recebeu recentemente um complemento em sua verba pela prefeitura justamente para cobrir os gastos com os kits.

A distribuição dos kits começam nesta quinta (23) e as escolas irão divulgar o calendário de distribuição.

Leia Mais: Antecipação do auxílio doença será concedido NESTAS situações

As famílias, porém, precisam ficar atentas já que se não buscarem o kit em 15 dias após a divulgação do calendário, perdem o direto ao recebimento.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA