Bolsa Família recebe maior parcela dos recursos do auxílio emergencial

Nesta terça-feira (7), a Caixa Econômica Federal informou que dos R$98,2 bilhões que serão usados para pagar o auxílio emergencial de R$600, serão destinados R$43,71 bilhões para os cidadãos que recebem o Bolsa Família.

Bolsa Família recebe maior parcela dos recursos do auxílio emergencial
Bolsa Família recebe maior parcela dos recursos do auxílio emergencial (Imagem:Montagem/FDR)

Outros R$29,43 bilhões serão dedicados para os inscritos no Cadastro Único (CadÚnico), mas que não fazem parte do Bolsa Família. 

Leia também: Valor do Bolsa Família neste mês será 3x MAIOR

Os outros R$25 bilhões serão para aqueles que não estão no Cadastro Único mas podem receber o auxílio.

Outra novidade é que o vice-presidente de Rede de Varejo da Caixa, Paulo Henrique Ângelo, afirmou que não serão realizados débitos em conta sobre os valores creditados.

“Todo o crédito que for efetuado em conta corrente, não haverá o débito. Essa mensagem de alerta [de possível débito] está aparecendo, mas com o fechamento do acordo com todos bancos, esse alerta será excluído.”

Calendário do coronavoucher 

As pessoas que estão registradas no Cadastro Único até o dia 20 de março e que não fazem parte do programa Bolsa Família terão seus cadastros analisados pelo Dataprev, analisados. 

Os valores serão creditados em conta no Banco do Brasil ou Caixa, em até dois dias úteis. A ideia é que o crédito possa ser sacado em 9 de abril.

Os que estão inscritos no Cadastro Único, não recebem Bolsa Família e não têm conta nesses bancos: recebem na terça-feira da semana que vem (14 de abril).

Quem não está no Cadastro Único receberá em 5 cinco dias úteis após inscrição no programa de auxílio emergencial.

Os que recebem Bolsa Família receberão nos últimos 10 dias úteis de abril, seguindo o calendário regular do programa.

A segunda parcela será paga no final do mês de abril:

  • Quem está no Cadastro Único, não recebe Bolsa Família, além dos trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial: entre 27 e 30 de abril.
  • Quem recebe Bolsa Família receberá últimos 10 dias úteis de maio, seguindo o calendário regular do programa

A terceira parcela e última vai ser paga no próximo mês, ou seja, em maio:

  • Pode receber quem está no Cadastro Único, não recebe Bolsa Família, além dos trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial o pagamento será feito entre 26 e 29 de maio.

Leia também: Financiamento de salários ajuda pequenas e médias empresas; veja como usar!

  • Quem recebe Bolsa Família receberá nos últimos 10 dias úteis de junho, seguindo o calendário regular do programa.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA