Pagamento de R$55 para substituir merenda escolar de SP é liberado! Veja quem recebe

O governo do estado de São Paulo irá repassar benefício a mães de alunos da rede pública. A partir desta quarta-feira (8) serão destinados aos estudantes de escolas públicas do estado um valor de R$ 55 por mês. A quantia correspondente a uma alternativa de substituição a merenda escolar, no qual está suspensa devido às escolas estarem de portas fechadas.

Pagamento de R$55 para substituir merenda escolar de SP é liberado! Veja quem recebe (Reprodução/Internet)
Pagamento de R$55 para substituir merenda escolar de SP é liberado! Veja quem recebe (Imagem: Reprodução/Internet)

Com isto, a expectativa é atender 732 mil alunos da rede estadual. A iniciativa faz parte de uma série de ações lideradas pelo estado, fazendo parte do programa Merenda em Casa. Repasses seguem até o mês de maio.

Leia Também: Começou! Benefício de R$600 já pode ser sacado; veja quem recebe

Mas, de acordo com o governo do estado, a expectativa é de que haja a continuação dos pagamentos do programa enquanto as instituições de ensino estiverem fechadas mediante a situação de pandemia que o país passa.

O governador do estado, João Doria, em entrevista à imprensa nesta semana, destacou que a continuidade dos repasses será analisada mediante as orientações médicas. Desta forma, se necessário, o repasse será estendido para um período ainda maior.

Ainda de acordo com o governo, o programa prevê investimento de R$ 40 milhões por mês. O pagamento do benefício será feito através do aplicativo PicPay disponibilizado para a operação, no qual, segundo gestão estadual, inviabilizará fraudes.

Além disto, outro ponto estudado foi que com o uso do app, as pessoas não têm a necessidade de sair de casa, uma vez que a pandemia faz com que o isolamento social seja indicado.

A medida foi comentada pelo secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, que destacou o formato. “É justamente para não ter aglomeração de nenhum tipo que buscamos uma solução tecnologia”, complementa.

Leia Também: Atenção microempresa! Saiba o que o governo preparou para te ajudar

Os responsáveis pelos estudantes devem validar os documentos via aplicativo. Logo após esta etapa, em até quatro horas de análise, o benefício será liberado. De acordo com o governo, valor pode ser transferido, sem cobrança de taxa, para uma conta bancária.

Para auxiliar a população, a orientação é que os diretores das escolas entrem em contato com as famílias detalhando o procedimento e explicando como funcionará o repasse.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA