Calendário das restituições do IRPF 2020 não é alterado; saiba quando vai receber

Apesar de adiar a entrega das declarações, o calendário das restituições do IRPF 2020 seguirá mantido. Nessa quinta-feira (02), o secretário da Receita Federal, José Tostes Neto, afirmou que o cronograma das devoluções seguirá o calendário já divulgado. Os primeiros contemplados passarão a receber a partir do dia 29 de maio.

Calendário da restituição do IRPF 2020 não é alterado; saiba quando recebe (Imagem: Reprodução - Google)
Calendário da restituição do IRPF 2020 não é alterado; saiba quando recebe (Imagem: Reprodução – Google)

Mesmo com a prorrogação no envio das declarações, as restituições deverão permanecer sendo pagas até o mês de setembro.

A ordem dos depósitos será definida de acordo com o envio da prestação de contas. Isso significa que, quanto mais cedo o imposto for declarado, mais rápido o contribuinte será restituído.

Leia também: Aprovado! Imposto de Renda 2020 será entregue em nova data

As declarações começaram a ser enviadas na primeira semana de março e até o momento, segundo a Receita Federal, apenas 27% dos brasileiros enviaram seus dados.

De acordo com o secretário, a decisão de manter o calendário das restituições do IRPF 2020 nas datas previstas tem como finalidade ofertar mais recursos para que os brasileiros lidem com a crise gerada pelo Covid-19.

Ele ainda afirmou que a antecipação, em comparação com o ano de 2019, deverá ser vista como uma forma de incentivo para que a população declare seus impostos dentro do prazo. Com os valores arrecadados, o governo financiará as ações de contenção da pandemia.

Considerando a situação excepcional, decidimos manter o cronograma de restituições previsto anteriormente. Nos anos anteriores, começava em junho e ia até dezembro. Neste ano, já havíamos antecipado para maio e terminando em setembro. Vamos manter esse cronograma previsto inicialmente, mesmo com a prorrogação dos prazos de entrega“, explicou Tostes Neto.

Leia também: Valor do seguro desemprego: saiba quanto tem direito a receber

Calendário de restituições do IRPF 2020:

  • 1º lote: 29 de maio de 2020
  • 2º lote: 30 de junho de 2020
  • 3º lote: 31 de julho de 2020
  • 4º lote: 31 de agosto de 2020
  • 5º lote: 30 de setembro de 2020

Valor das restituições

Nesse primeiro lote, o governo federal deverá desembolsar cerca de R$ 2 bilhões para custear as restituições do IRPF. Serão priorizados idosos, pessoas com deficiência e portadores de doenças.

Na sequência, o pagamento passará a ser ofertado para os demais contribuintes, levando em consideração a ordem de envio das declarações. O valor total deverá ficar em torno de R$ 26 bilhões.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA