Sorteio do Minha Casa Minha Vida em SJC é feito pela internet; saibas regras!

A Prefeitura de São José dos Campos realizou o primeiro sorteio do Minha Casa Minha Vida com 240 unidades do Residencial Cajuru 2, que fica na zona leste da cidade, por meio da internet. Devido as medidas de precaução do Ministério da Saúde que recomenda evitar aglomerações de pessoas para ajudar no combate da pandemia do coronavírus, o sorteio foi transmitido ao vivo pela rede social da prefeitura neste sábado (14), e o mesmo acontecerá na próxima edição do dia 28 de março. 

Sorteio do Minha Casa Minha Vida em SJC é feito pela internet; saibas regras!
Sorteio do Minha Casa Minha Vida em SJC é feito pela internet; saibas regras! (Imagem:Reprodução/Google)

As famílias que poderão concorrer ao apartamento estão enquadradas na faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. Desses, são 6.886 famílias aptas a participar do sorteio. 

Leia Também: Juros do Minha Casa Minha Vida deve ser reduzido em novo projeto

O primeiro ocorreu no sábado (14), às 10 horas, no Centro da Juventude. E foi realizado apenas para as casas destinadas aos idosos e pessoas com deficiência, ou famílias em que hajam deficientes. Serão 1.264 candidatos para 16 imóveis, ou seja, serão 8 para cada grupo. 

Aqueles que não forem contemplados terão mais uma chance, pois haverá outro sorteio do Minha Casa Minha Vida destinado para os demais habilitados, no dia 28 desse mês. O evento também será realizado sem a presença de público, no Estádio Martins Pereira. 

As famílias foram divididas em 3 grupos, com sorteio às 10 horas e outro às 15 horas, para um total de 6.870 convocados em ambos os períodos. 

O Cajuru 2, deve beneficiar famílias inscritas no programa habitacional do município com renda máxima mensal até 1,8 mil reais. Serão 15 torres de apartamentos na estrada Dom José Antônio do COuto/Estrada do Cajuru. O projeto está com 60% das obras concluídas.

As famílias terão um prazo de até 120 meses para realizar a quitação do imóvel, com parcelas que podem variar entre R$80 a R$270 por mês, além da taxa de condomínio, água e luz. 

O programa Minha Casa Minha Vida foi criado no ano de 2009 para subsidiar a casa própria para famílias de baixa renda, e oferecer condições atrativas de financiamento para as moradias populares.

O Minha Casa Minha Vida é dividido por faixas de renda familiar, que determinam valor e a origem do subsídio para o financiamento. Assim como os pré-requisitos para participar do programa. 

Leia Também: 13° salário do Bolsa Família será discutido amanhã (17) na Câmara

Por meio dessas faixas também são decididos os juros e as condições de financiamento para cada família.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA