IPVA SP: confira calendário do reembolso de veículos roubados em 2019

Se você teve o carro roubado no Estado de São Paulo em 2019 fique atento. A Secretaria Estadual da Fazenda e Planejamento, comunicou a devolução do IPVA SP calculada em R$14,3 milhões para os proprietários de veículos roubados no último ano.

IPVA SP: confira calendário do reembolso de veículos roubados em 2019
IPVA SP: confira calendário do reembolso de veículos roubados em 2019 (Foto: Reprodução Google)

Esta devolução é relacionada à restituição proporcional do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), e é destinada aos proprietários que estavam com o imposto em dia na ocorrência do crime.

Leia Mais: IPVA MS 2020: pagamento termina em 20 de março; saiba como fazer

As restituições serão liberadas em quatro lotes entre os meses de março e abril. O primeiro lote já começou e se destina as ocorrências que aconteceram no primeiro trimestre de 2019.

Calendário de reembolso IPVA SP

Ocorrência Data de liberação
1º trimestre de 2019 02/03/2020
2º trimestre de 2019 16/03/2020
3º trimestre de 2019 30/03/2020
4º trimestre de 2019 13/04/2020

 

Os valores vão ficar à disposição dos afetados por dois anos no Banco do Brasil. Para realizar o saque o dono do veículo roubado deve levar o documento de identidade original, cópia do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

E se for pessoa jurídica, deve levar também cópia do contrato social ou ata da assembléia geral da empresa. Se o CRLV tiver sido levado no veículo roubado, deve ser apresentado boletim de ocorrência que declare esse acontecimento.

Uma boa notícia é que para receber a devolução não é necessário fazer nenhum tipo de requerimento, já que o processo é automático. Isso graças aos sistemas integrados da Secretaria da Segurança Pública e do Detran ao sistema da Fazenda e do Planejamento.

Importante ressaltar que o contribuinte que não está em dia com os pagamentos do IPVA SP do veículo roubado ou de outro de sua propriedade, não poderá resgatar o valor da devolução enquanto permanecer a pendência.

O consultor em segurança pública Marcos Carneiro de Lima, ex-delegado geral da Polícia Civil de São Paulo, considera que furtos e roubos de veículos sempre ocorreram muito no país por ser um crime altamente rentável para os criminosos. “O crime compensa porque gera dinheiro sujo para muita gente.”

Leia Mais: Nubank lança recarga de celular usando cartão de crédito

De acordo com ex-policial, os veículos têm como destino o desmanche ou a adulteração, prática que é conhecida como dublê. “A cadeia de pessoas envolvidas é grande, inclusive envolvendo agentes públicos. A maior parte dos carros adulterados fica no Brasil. A lenda do Paraguai está superada”, afirmou.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA