IR 2020: fazer declaração mesmo sem obrigatoriedade pode ser vantajoso

O procedimento de declaração do Imposto de Renda (IR 2020) é obrigatório para alguns perfis de brasileiros, a exemplo dos que receberam R$ 28.559,70 no ano passado. Mas, vale destacar que mesmo que a renda não tenha atingido esse valor, a entrega da declaração pode ser vantajosa em alguns casos.

IR 2020: fazer declaração mesmo sem obrigatoriedade pode ser vantajoso (Reprodução/Internet)
IR 2020: fazer declaração mesmo sem obrigatoriedade pode ser vantajoso (Reprodução/Internet)

De acordo com especialistas, com a realização do procedimento é possível obter algumas vantagens, entre elas a restituição de valores descontados no contracheque. Ainda é importante enfatizar que o uso do documento pode ser usado como comprovante para a obtenção de empréstimos.

Leia Também: Imposto de Renda 2020 muda regras e funcionamento! Veja como ficou

Os brasileiros que recebem a partir de R$ 1.903 têm o IR 2020 descontado na fonte e não é necessário realizar o procedimento. Mas, no caso de quem teve Imposto de Renda retido sobre férias em 2019, tem direito à restituição no ajuste anual. Neste ponto, é necessário apresentar a declaração para realizar o dinheiro.

Estas situações, contribuintes recebam a restituição de 100% dos valores descontados. O valor desta vez é variável de acordo com o rendimento recebido e retenção sobre a renda. Desta forma, ainda é válida para os trabalhadores autônomos que realizaram serviços com valores somados abaixo da renda mínima.

Ao realizar o procedimento mesmo sem a necessidade, o declarante terá este documento como comprovação de renda para utilizar a fins diversos, exemplo de empréstimos, solicitação de financiamento imobiliário, de veículos e até obtenção de vistos para o exterior.

Leia Também: Cartão Nubank: evite golpes e fraudes seguindo essas dicas

IR 2020

Em 2020, o prazo para realizar as declarações começou no último dia 2 de março e segue até o dia 30 de abril para pessoa física. A Receita Federal espera receber 32 milhões de declarações dentro do prazo legal. Atualmente são obrigados a realizar o procedimento estes perfis:

  • Brasileiros que tiveram rendimento tributável com valor igual ou acima de R$ 28.559,70;
  • Rendimentos tributáveis e não tributáveis vindo direto da fonte com valor igual ou acima de 40.000,00;
  • Brasileiros que chegaram a ter renda com valor igual ou acima R$ 142.798,50;
  • Quem passou a ter posse de bens cujo o seu valor seja igual ou maior a R$ 300.000,00;
  • Teve algum ganho de capital sobre alienação de bens e direitos;
  • Cidadãos que chegaram a fazer ações na bolsa de valores, mercados futuros ou atividades correlacionadas;
  • Cidadãos residentes em áreas rurais que tenham interesse em fazer alguma compensação de prejuízos ou perdas relacionadas ao ano anterior.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA