Conta de luz ganha nova bandeira para março e anima consumidor

Brasileiros de todo o país estão preocupados com as tarifas cobradas na conta de luz, uma das obrigações mensais que devem ser quitadas por todas as residências. No entanto, para o mês de março foram divulgadas informações que farão o consumidor comemorar.

Conta de luz ganha nova bandeira para março e anima consumidor (Reprodução/Internet)
Conta de luz ganha nova bandeira para março e anima consumidor (Imagem: Reprodução/Internet)

A informação foi divulgada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a partir do mês de março será válida a bandeira de cor verde. Isso significa que não haverá taxas extras na cobranças das tarifas de energia para os brasileiros. Vale relembrar que em fevereiro a bandeira também foi da mesma cor.

Leia Também: Taxação da energia solar é marcada por posicionamento do presidente

Para março a previsão é de que com a manutenção das condições de chuva de fevereiro, os principais reservatórios de hidrelétricas do Sistema Interligado Nacional (SIN) apresentaram recuperação de níveis, já que o volume de chuvas vêm sendo favorável ao padrão histórico para este mês. Esta é a estimativa prevista pela Aneel.

Em nota enviada à imprensa, a Aneel destaca que a expectativa para março é favorável e que “aponta para um cenário com elevada participação das hidrelétricas no atendimento à demanda de energia do SIN, reduzindo a necessidade de acionamento do parque termelétrico”.

Este cenário refletiu em outros pontos ligados a distribuição e mercado, pontuando uma redução no preço da energia no mercado de curto prazo e também no que se refere aos custos relacionados ao risco hidrológico para época.

A questão ligada as bandeiras de tarifa foram determinadas pelo governo federal desde 2015, no qual representa a indicação de cobranças na conta de luz. Desta forma, a cor verde não tem cobrança de taxa extra, indicando condições favoráveis de geração de energia no País.

Leia Também: Auxílio doença cancela pagamento para quem ganha menos que R$1.045

Já a bandeira amarela é incluída uma taxa extra de R$ 1,343 a cada 100 kWh consumidos. E, por fim, a bandeira vermelha é aquela que pode ser acionada de duas formas diferentes, a ser definida pelas questões ligadas a geração de energia das hidrelétricas.

Sendo pontuado o primeiro nível, no qual o adicional passa a ser de R$ 4,169 a cada 100 kWh e no segundo nível, a cobrança extra será de R$ 6,243 a cada 100 kWh.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA