Calendário Bolsa Família 2020: confira as datas de saque neste ano!

Neste mês a nova rodada do calendário do Bolsa Família 2020 começa a liberação do pagamento dos benefícios a partir do dia 18 de março. O programa tem preferido usar os últimos 10 dias úteis do mês para distribuir os valores. 

Calendário Bolsa Família 2020: confira as datas de saque neste ano!
Calendário Bolsa Família 2020: confira as datas de saque neste ano! (Imagem:Reprodução/Google)

O programa foi criado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no ano de 2003. Desde sua criação o objetivo é auxiliar famílias de baixa renda a saírem de situação de pobreza e extrema pobreza. Para isso, faz transferência de uma quantia que possa complementar a renda. 

Leia Também: Crise no orçamento do Bolsa Família podia ser prevista pelo governo

Podem receber aqueles que enquadram na situação de extrema pobreza, devendo ter uma renda mensal de R$ 89,00. E famílias em situação de pobreza em que a renda fica entre 89,01 reais e 178,00 reais mensais.

Todos os meses são definidas datas para que os beneficiários possam sacar o dinheiro. Normalmente, eles são pagos de forma escalonada nos últimos dez dias do mês.

Calendário Bolsa Família 2020

Recebe o Bolsa Família? Confira o calendário deste mês
Imagem: Divulgação / Caixa Econômica

Para realizar o saque do dinheiro as famílias precisam levar em conta o último dígito do Número de Identificação Social (NIS), que está impresso no cartão utilizado pelos beneficiários para o recebimento. 

Como explica a imagem acima, verificando o número final antes do dígito o titular deve acompanhar a coluna vertical da esquerda. As datas são descritas sequencialmente na linha horizontal.

Depois da data estabelecida no calendário do Bolsa Família 2020, o dinheiro fica disponível na conta por 90 dias, ou seja, três meses para que a família realize o saque.

Caso não seja realizada a retirada do dinheiro até esse prazo, o governo pode fazer o bloqueio do benefício. 

Depois, para que o desbloqueio seja realizado o responsável deve comparecer no Cadastro Único (CadÚnico) para justificar a não retirada do dinheiro da conta. 

O governo vai analisar o motivo para decidir se o benefício será disponibilizado novamente, ou se ficará retido.

Se for, a família poderá sacar todo o dinheiro que estava preso na conta durante o tempo que não recebeu no período em que o benefício ficou bloqueado.

Leia Também: Uber deve oferecer conta digital do banco Inter para motoristas

As famílias devem ficar atentas pois neste ano o governo pretende realizar mudanças para que os inscritos possam se beneficiar. Entre tanto, o projeto passa por uma reformulação com a ação pente fino. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA