Dívidas após feriado do carnaval? Saiba como melhorar sua condição financeira

Você já deve ter ouvido que o ano só começa depois do carnaval né? Pois é, a folia acabou e chegou o momento de parar e pensar nas possíveis dívidas que podem ter aumentado nos últimos dias de festa.

Dívidas após feriado do carnaval? Saiba como melhorar sua condição financeira
Dívidas após feriado do carnaval? Saiba como melhorar sua condição financeira (Foto: Google)

Um dos pesadelos dos brasileiros é cair no rotativo do cartão de crédito que possui altas taxas de juros para quem não paga o total da fatura.

Leia MaisSerasa começa feirão com negociação de dívidas e descontos de 98%

Ricardo Teixeira, coordenador do MBA em gestão financeira da Fundação Getúlio Vargas (FGV), deu uma entrevista ao jornal Extra e recomenda fazer uma procura por itens que não usam mais e tentar vende-los:

“O ideal é fazer um dinheiro extra. Se não conseguir, a solução é pedir um empréstimo a familiares, pois eles não vão cobrar juros como o banco cobra”, sugere.

Já Claudio Munhoz, consultor financeiro que trabalha pelo GetNinjas, sugere que se faça uma priorização de contas essenciais como luz, água e aluguel. Após isto, recomenda um corte temporário de gastos com lazer:

“Refeições no fim de semana, cinema e outras despesas de lazer podem ser evitadas até que as contas voltem para o azul”, diz.

Munhoz orienta também no caso de ser imprescindível fazer um empréstimo, o consumidor tem que ficar atento as taxas existentes no contrato. O cheque especial é uma das piores escolhas por conter juros exorbitantes.

Para evitar que o endividamento volte no futuro, é recomendado um planejamento financeiro:

“Não conte com dinheiro que não tem, mesmo se for assalariado, pois pode ser demitido e virar inadimplente. Faça uma poupança mensal para cobrir situações inesperadas”, diz Teixeira.

Dicas para diminuir as dívidas

Quer saber como sair do vermelho? Preparamos quatro dicas!

Tenha clareza de sua situação financeira

Se você está com algum problema financeiro, reserve alguns momentos do seu dia para entender a real situação. Anote tudo ou coloque em uma planilha, e saiba exatamente quanto ganha e quanto gasta por mês, além do valor total da dívida. É importante dar visibilidade ao problema para tomar medidas práticas.

Quite suas dívidas o mais rápido possível

Depois de planejar e saber exatamente o quanto pode pagar mensalmente, negocie com seus credores de modo que a parcela fique dentro do planejado. Fazer empréstimos nunca é uma boa opção, mas ficar com dívidas é pior ainda. Então, se for o caso, escolha um crédito com a menor taxa de juros possível.

Evite gastos extras

Lembre-se de que está endividado e não pode se dar ao luxo de comprar o que tem vontade, sem necessidade. Se for precisar mesmo fazer a aquisição, economize e junte dinheiro para a compra à vista e muitas vezes com desconto. Não parcele em milhares de vezes para não comprometer o orçamento dos próximos meses.

Leia MaisResgates do Tesouro Direto superam retiradas de janeiro

Mude sua mentalidade

Pense sempre que é importante ganhar mais e gastar menos. Tente investir a quantia que puder todos os meses para alcançar uma vida financeira sadia evitando assim possíveis surpresas desagradáveis.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA