Saque imediato do FGTS diminuí prazo para liberação; saiba como receber

Atenção trabalhadores que ainda não fizeram o saque imediato do FGTS, pois precisam se apressar. O prazo termina dia 31 de março. Cotistas têm direito a retirar até R$500 ou até R$998 por conta ativa ou inativa, a depender do saldo atual.

Saque imediato do FGTS diminuí prazo para liberação; saiba como receber
FGTS 2020: saiba como sacar parte do seu fundo de garantia neste ano (Foto: Imagem/Google)

O presidente Jair Bolsonaro fez um alerta no último sábado (22) informando que ainda faltavam R$ 15 bilhões para serem resgatados. Até o momento, segundo o presidente, R$27,65 bilhões foram sacados e beneficiou em torno de 60 milhões de pessoas.

Cerca de 37 milhões de trabalhadores que têm direito ao saque ainda não foram receber o valor, as informações são da Caixa Econômica Federal responsável pelo repasse.

Leia MaisSaque do FGTS finaliza em 31 de março e 37 milhões ainda não receberam

O trabalhador tem direito a retirar até R$500 por conta vinculada ao fundo. Se tiver na conta R$998, somados até 24 de julho de 2019, pode receber todo o dinheiro.

Como esse limite maior foi concedido em dezembro, aqueles que já sacaram os R$500 podem retornar ao banco para o saque imediato do FGTS com a diferença de R$498.

Junto com o saque imediato (conhecido também como “emergencial”), o governo lançou o programa do saque-aniversário. Elas são medidas distintas, e uma não têm relação com a outra. Sendo assim, o cotista que aderir ao saque emergencial não precisa escolher pela modalidade do saque-aniversário e mantém todos os direitos trabalhistas sobre o FGTS

No saque emergencial, o cotista tem direito a retirar, uma única vez, uma parte dos recursos de suas contas do FGTS, seja em contas ativas ou inativas. Se o cotista tem três contas (duas inativas e uma ativa), tem direito a sacar até R$ 1,5 mil, por exemplo.

Onde fazer o saque imediato do FGTS

Em caixas eletrônicos utilizando apenas a senha do cidadão. Se por acaso não tenha, pode fazer no mesmo que for retirar o dinheiro em uma agência da Caixa, levando um documento de identificação e os números do NIS/PIS que estão na carteira de trabalho

Nas Lotéricas é necessário usar a senha do cidadão e identidade. Se a pessoa estiver apenas com o documento de identidade, o limite para retirada é R$100. Quem tem cartão cidadão e senha também pode sacar nos correspondentes Caixa Aqui, apresentando documento de identificação, cartão e senha cidadão.

Quem tiver um valor maior que R$998 para sacar pode fazer o resgate dos recursos em qualquer agência da Caixa. É necessário apenas levar os documentos pessoais e ter em mãos os números do NIS ou do PIS, contidos na carteira de trabalho

Lembrando que os valores podem ser sacados em dinheiro ou também transferidos para outra conta bancária.

Leia MaisBolsa Família vai retornar inscrições em 2020? Veja o que se sabe até agora

Para saber os valores a receber e mais informações basta acessar o site da Caixa ou o aplicativo FGTS.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA