INSS: tempo de espera para concessão de benefício é o maior em 5 anos

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), informou para o Tribunal de Contas da União (TCU) que o tempo médio de espera dos segurados para a concessão dos benefícios em 2019 foi o maior em cinco anos.

INSS: tempo de espera para concessão de benefício é o maior em 5 anos
INSS: tempo de espera para concessão de benefício é o maior em 5 anos (Imagem:Montagem/FDR)

O INSS enviou uma manifestação para justificar a contratação de funcionários extras para diminuir a fila de espera para conceder os benefícios.

Leia também: Salário família pode aumentar renda do trabalhador; veja como receber

De acordo com o órgão, para que a fila atinja o marco zero em 2020 e 2021, será necessário contratar cerca de 9.101 pessoas como mão de obra temporária. Serão 1.506 servidores especializados e 7.596 para auxiliar no atendimento à população. 

Por lei, os pedidos do INSS devem ser analisados em um prazo de até 45 dias. No ano passado o tempo médio de espera para a concessão foi de 74 dias, e em julho chegou a alcançar 89 dias. O ano terminou com tempo de 75 dias. 

No ano de 2018, o tempo médio de concessão de benefícios era de 51 dias e em 2017 de 54.

Atualmente, no país são cerca de 2,021 milhões de pedidos de benefícios esperando por uma resposta, destes 1,379 estão há mais de 45 dias.

As explicações do INSS foram enviadas ao TCU após ter sido contestado a possibilidade proposta pelo governo de contratar apenas militares para reforçar o atendimento. De acordo com o tribunal, isso seria inconstitucional pois estabeleceria uma reserva de mercado. 

A medida provisória que irá permitir a contratação de servidores civis aposentados ainda está sendo preparada pelo governo federal.

Conforme o documento, a taxa média de concessão em 2019 foi a menor em cinco anos, atingindo a porcentagem de 55,36%.

O pagamento que mais está represado no INSS é o Benefício de Prestação Continuada (BPC), que é destinado aos iodos e portadores de deficiência.

Leia também: Saque FGTS imediato acaba no próximo dia 31; saiba como receber

Ao todo são 475 mil requerimentos para concessão desse tipo de benefício que esperam por uma resposta desde o mês de janeiro. Desse montante, 420 mil estão esperando a mais de 45 dias, que é o tempo definido por lei como limite de avaliação, ou seja, 9 de cada 10 aguardam por mais que o determinado pela justiça.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA