IPTU de Ferraz de Vasconcelos: saiba como emitir 2° via do imposto

Nesta época, os moradores estão recebendo os carnês para quitar o Imposto Predial Territorial e Urbano (IPTU). E algumas cidades passam orientações para os seus contribuintes saberem como emitir a 2° via do imposto, como é o caso do IPTU de Ferraz de Vasconcelos.

IPTU de Ferraz de Vasconcelos: saiba como emitir 2° via do imposto
IPTU de Ferraz de Vasconcelos: saiba como emitir 2° via do imposto (Imagem:Reprodução/Prefeitura de Ferraz)

Os moradores de Ferraz que não receberem o seu carnê em casa até o dia 15 de março e não conseguirem imprimir pelo site da prefeitura, devem realizar a solicitação da segunda via do boleto. 

Leia Também: IPTU Campinas 2020 alcança número incrível de pedidos para revisão

Uma parte dos carnês já foi postada nos correios no dia 21 de fevereiro e o restante deve ser enviado até essa sexta-feira (28). 

A prefeitura lembra que é possível fazer a impressão da primeira parcela e da parcela única, com o vencimento para o dia 20 de março, no portal online. 

Serão distribuídos cerca de 45 mil carnês na cidade. Aquele contribuinte que optar pelo pagamento à vista receberá um desconto de 10% do valor total.

Já para aqueles que realizaram o parcelamento do IPTU de Ferraz de Vasconcelos, o vencimento deve ocorrer no dia 20 do mês subsequente. 

Neste ano, não houve aumento no reajuste de acordo com a inflação, sendo este de 2,89%.

A prefeitura de Ferraz atende na Avenida Rui Barbosa, 315, na Vila Romanópolis. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e o telefone para mais informações é (11) 4674-7800.

O imposto é cobrado pela prefeitura de cada município e deve ser pago por todos aqueles que possuem um imóvel em área urbana, seja ele uma casa, apartamento, sala comercial ou outros tipos de propriedade. 

O valor varia de acordo com a cidade e o valor venal do imóvel, considerando o tamanho da propriedade, o tipo de ocupação (residencia ou comércio), o bairro e etc. 

Os contribuintes precisam realizar o pagamento do IPTU, pois se ficar em dívida terão o acréscimo de multa e de juros pelo período de inadimplência. 

Além de não conseguir realizar a negociação do bem ou colocá-lo à venda. Alguns imóveis chegam a ir a leilão para que a prefeitura receba esse dinheiro.

Leia Também: Licenciamento DF 2020 tem nova data de vencimento para esta semana

O nome do proprietário será inscrito em dívida ativa e a solicitação de crédito nos bancos poderá ser negada.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA