Pague menos no IRPF 2020 usando essas deduções! Confira a lista

Muitas pessoas são obrigadas a declarar o Imposto de Renda, e em alguns casos ao preencher o programa da declaração do IRPF 2020 podem conseguir a chamada restituição. A entrega precisa ser feita dentro do prazo, até o fim de Abril. E há multas para aqueles que ultrapassarem a data final anunciada pela Receita Federal.

Pague menos no IRPF 2020 usando essas deduções! Confira a lista
Pague menos no IRPF 2020 usando essas deduções! Confira a lista

A declaração não obrigatória também existe, e vale para as pessoas que não são contribuintes mas que tiveram imposto retido durante o ano, como por exemplo no pagamento de férias. Fazendo a declaração a pessoa pode receber todo o imposto pago de volta.

Leia Mais: Declaração do IR 2020 completa ou simplificada? Saiba melhor escolha

Quem tem intenção de pedir um financiamento bancário, pode apresentar a declaração do Imposto de Renda para ficar com o documento. Costumeiramente, os bancos pedem este documento aos clientes que querem um empréstimo ou financiamento imobiliário.

Com a declaração você pode comprovar a renda e que não possui bens podendo assim solicitar um financiamento pelo Sistema de Habitação (SFH).

É importante também para quem planeja viajar para o exterior, já que a declaração é pedida para emissão de vistos em países como Estados Unidos. A declaração demostra a condição financeira do visitante e seus vínculos com o país.

Leia Mais: Fintechs ganham espaço no Banco Central e novas startups podem inscrever seus projetos

A grande vantagem para quem está desobrigado a fazer a declaração é que não existe multa caso a pessoa a faça fora do prazo estipulado. O limite máximo é de cinco anos depois do ano referente a declaração. Então há bastante tempo para correr atrás de documentação e fazer a declaração com sucesso.

Nessas duas situações citadas, com a inclusão de comprovante de viagem ao exterior e de financiamento bancário, o contribuinte que é obrigado a fazer o pagamento pode conseguir a restituição no IRPF 2020.

Para isso, precisa deduzir na sua declaração quais foram os seus gastos. Podendo incluir pagamento na área da educação e saúde, como compra de remédios ou pagamento de curso de graduação.

Depois de analisar o documento do IRPF 2020, a Receita Federal pode conceder um “troco” ao contribuinte. Que representa um desconto no pagamento do imposto, por meio da restituição que devolve parte do que foi pago.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA