PIX promete ser o novo super lançamento do BC para transações bancárias

No dia 19 de fevereiro o Banco Central anunciou novidades para a realização de pagamentos. O chamado PIX, sistema de pagamentos instantâneos, permitirá uma mudança nas transações, agilizando o processo que permitirá o repasse de dinheiro em até 10 segundos.

PIX promete ser o novo super lançamento do BC para transações bancárias (Reprodução/Internet)
PIX promete ser o novo super lançamento do BC para transações bancárias (Reprodução/Internet)

Desta forma, a expectativa é que não se passe dias esperando para o que o pagamento caia em uma transferência entre bancos diferentes. A novidade foi lançada pelo Banco Central para baratear os custos das operações, pagamentos e transferências.

Leia Também: Fintechs ganham espaço no Banco Central e novas startups podem inscrever seus projetos

Em poucas palavras, o PIX é uma nova ferramenta para fazer transferências e pagar contas de forma rápida, sem esperar dias para que o pagamento seja creditado na conta.

Atualmente o sistema financeiro é regido pelas transações em TEDs e DOCs, desta forma, pagamentos de contas são feitos por boletos, transações físicas, por cartões e com dinheiro vivo.

Este procedimento é realizado em dias e em algumas empresas realizam até a cobrança de taxa, podendo ser até R$20. Com a nova implementação, estas modalidades deixam de ser exclusivas e o PIX passa a ser mais uma alternativa.

O lançamento oficialmente está previsto para novembro para todos os bancos e fintechs com mais de 500 mil contas ativas. Estes centros financeiros devem se adequar as novas regras e oferecer o serviço.

Leia Também: INSS começa pagamento com maior valor da história

Na prática, o PIX facilitará a transferência de valores entre pessoas, o pagamentos de contas e boletos e até recolhimento de impostos e taxas de serviços.

Ele funcionará 24 horas por dia, 7 dias da semana, em todos os dias do ano. Além disso, as transações serão realizadas em segundos. E surgindo como alternativa, serão transações em tempo real.

De acordo com o Banco Central, as transações podem ser feitas entre pessoas, estabelecimentos comerciais, e governamentais no caso de impostos e taxas.

As transações, por sua vez, podem ser feitas de forma mais “tradicional” – com informações como número de celular, e-mail, CPF ou CNPJ, ou também através da leitura QR Codes estáticos e dinâmicos – mas, os detalhes sobre o esta última modalidade ainda não foi detalhada.

Hoje, para que uma pessoa receba a transferência de dinheiro de outra com banco diferente, deve aguardar de 1 a 2 dias úteis. Sendo que o horário para a transação se encerra às 17h, sem funcionamento aos sábados, domingos e feriados.

Um sistema muito parecido acontece com os pagamentos com boleto, cartão de crédito e débito. Os comércios não recebem a quantia no mesmo momento em que o acerto é feito. Com o PIX o valor cairá em até 10 segundos, sem necessidade de antecipação.

Logo, para quem trabalha com empresas de vendas, o envio de produtos que esperam a compensação do pagamento também será agilizado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA