Bolsa Família de fevereiro também é antecipado em 4 cidades de São Paulo

Mais regiões afetadas pelas chuvas receberão os valores do Bolsa Família antes do calendário divulgado pelo programa. Nessa semana, o Ministério da Cidadania informou que irá liberar os benefícios para os moradores de São Carlos, Taquaritinga, Bebedouro e Itápolis, principais cidades de São Paulo afetadas pelas enchentes dos últimos dias. O pagamento esta sendo feito desde sexta-feira (14) e poderá ser retirado nas unidades da Caixa Econômica Federal ou Casas Lotéricas.

Bolsa Família de fevereiro também é antecipado em 4 cidades de São Paulo (Imagem: Reprodução - Google)
Bolsa Família de fevereiro também é antecipado em 4 cidades de São Paulo (Imagem: Reprodução – Google)

A decisão foi tomada logo depois do estado decretar estado de emergência. Há casos em que as famílias tiveram perda total de seus imóveis.

As chuvas estão ocorrendo desde o início do mês de janeiro e ainda não apresentam uma previsão de pausa. No momento, essas quatro cidades foram as mais afetadas, mas o governo do Estado segue em alerta para com as demais regiões.

Leia também: Saque antecipado do Bolsa Família vai beneficiar moradores de MG, RS, RJ e ES

No caso daqueles que perderam os documentos, o saque do benefício ainda poderá ser feito. “É importante que as pessoas que têm esse benefício possam adiantar o saque. É um momento em que passam por sofrimento, pelas dificuldades causadas pelas fortes chuvas”, explicou o secretário especial de Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, Lelo Coimbra.

Além de São Paulo, outros estados do sul e sudeste do país foram afetados pelas enchentes e, por isso, o Ministério da Cidadania vem realizado um acompanhamento mais severo da situação.

Cidades de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Espirito Santo também tiveram os benefícios antecipados na última semana, de modo que as vítima possam ter um auxílio financeiro para ajudar a reaver as percas.

Em parceria com a Defesa Civil e Secretaria Nacional de Assistência Social, os ministério vem elaborando ações de força tarefa, reforçando o pedido de doações e estruturando grupos de trabalhos a fim de que possam fornecer atendimento as vítimas.

Leia também: Ministério do Bolsa Família, CadÚnico e programas sociais ganha novo administrador

Diretora do departamento de Proteção Especial do Ministério da Cidadania, Yvelônia Barbosa, explica que nesse momento é preciso que os governos municipais reforcem suas equipes de emergência e instruam os cidadãos para que estes possam retomar seus lares.

“Nós fazemos a orientação de como os municípios devem atuar com relação à política de assistência social. Orientamos a verificar como fica a situação dos vínculos familiares dos desabrigados, sobre como instruir as pessoas para retornarem a suas residências. Essas situações são prioridade”, afirmou.

Como funcionará o saque do Bolsa Família

Desde o dia 14 de fevereiro, independente do número final do NIS, qualquer trabalhador poderá receber o seu Bolsa Família nas agências Caixa Econômica.

Caso tenha perdido o documento, basta apresentar número de CPF para consulta no sistema e comprovação de inscrição.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA