Ministério do Bolsa Família, CadÚnico e programas sociais ganha novo administrador

Mudanças foram feitas na equipe ministerial do governo federal. O presidente Jair Bolsonaro anunciou, na última quinta-feira (13), através de sua conta no twitter, as alterações na posição dos cargos nas pastas de seu governo. Influenciando no ministério responsável pelo Bolsa Família, CadÚnico e etc.

Ministério do Bolsa Família, CadÚnico e Minha Casa ganha novo administrador (Reprodução/Internet)
Ministério do Bolsa Família, CadÚnico e Minha Casa ganha novo administrador (Reprodução/Internet)

A partir de agora, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, não faz parte do comando da pasta e será redirecionado para assumir o lugar de Osmar Terra no Ministério da Cidadania.

Leia Também: Milhares de inscritos no Bolsa Família precisarão devolver o que receberam no programa

Sendo assim, Terra não fará mais parte da equipe de ministros do governo. Mas, por ainda ter mandado como deputado, ele irá volta á Câmara para assumir as suas funções legislativas.

O novo ministro da Cidadania, detalhou, através de sua rede social, que recebeu do presidente uma nova missão que vai cumprir com o mesmo zelo, mesma dedicação e o mesmo empenho. Completa ainda que a ação foi feita “para melhorar e transformar a vida dos brasileiros e das brasileiras”.

Ainda foram divulgadas outras mudanças, desta vez para a Casa Civil. O presidente convidou o general Walter Souza Braga Netto – no qual atualmente ocupa o cargo de chefia do Estado-Maior do Exército, considerada a segunda posição na hierarquia da força militar – para assumir a pasta.

Braga Netto ficou nacionalmente conhecido, em 2018, logo após ser nomeado, pelo então presidente Michel Temer, como interventor federal na segurança pública do estado do Rio de Janeiro – cargo que exerceu até o final do mesmo ano, durante a vigência da intervenção.

Mas, por se tratar de um anúncio informal, Bolsonaro ainda detalha que a cerimônia de posse nos cargos será realizada na terça-feira (18), no Palácio do Planalto, às 15h. O presidente ainda não detalhou quando efetivamente as trocas serão formalizadas no Diário Oficial da União.

Leia Também: Vagas abertas em concursos públicos abrem 1 mil vagas hoje!

Este faz parte de uma série de mudanças já realizada por Bolsonaro. Desde que assumiu a presidência houveram um total de sete mudanças no primeiro escalão.

Recapitulando, houve trocas no Ministério da Educação (Ricardo Velez por Abraham Weintraub), na Secretaria-Geral da Presidência (Gustavo Bebianno por Floriano Peixoto e, em seguida, por Jorge Oliveira).

Ainda nas mudanças, na Secretaria de Governo (Santos Cruz por Luiz Eduardo Ramos) e, na semana passada, no Ministério do Desenvolvimento Regional (Gustavo Canuto por Rogério Marinho).

A expectativa é de que Onyx a frente do Ministério da Cidadania continue com o trabalho de Osmar Terra, a quem Bolsonaro agradeceu na mensagem em que comunicou as mudanças.

“Agradeço ao ministro Osmar Terra pelo trabalho e dedicação ao Brasil e que terá continuidade na Câmara dos Deputados”, postou.

Esta pasta é a responsável por comandar as principais políticas sociais do governo federal, incluindo o programa Bolsa Família, que, atualmente está passando por um processo de reformulação, de acordo com expectativas já detalhadas pelo governo federal quando Terra assumia o cargo.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Ministério do Bolsa Família, CadÚnico e programas sociais ganha novo administrador

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA