Preço da gasolina: cobrança de imposto sobre tanque cheio impressiona

Apesar dos anúncios de redução da Petrobras, os brasileiros seguem pagando caro no preço da gasolina. Um cálculo realizado pelo portal Metrópoles mostrou que cada cidadão gasta aproximadamente R$ 96,5 de impostos estaduais e federais para encherem seus tanques com capacidade de até 50 litros. Isso faz com que o valor total do investimento seja de cerca de R$ 221,5.

Preço da gasolina: cobrança de imposto sobre tanque cheio impressiona (Imagem: Reprodução - Google)
Preço da gasolina: cobrança de imposto sobre tanque cheio impressiona (Imagem: Reprodução – Google)

Dessa quantia, R$ 62 é destinado ao ICMS (Imposto Estadual Cobrado pelo Combustível). Já nos tributos federais, o PIS/Cofins e o Cide, custam em média R$ 34,5, por veículo.

Leia também: Valor da gasolina e do diesel caí mais uma vez e consumidores se animam 

Ao analisar o valor do diesel, a reportagem mostrou que há uma despesa de R$ 378,4 em tributos estaduais e federais, contabilizando um total de R$ 1.632 no tanque de caminhões e demais veículos com capacidade de 440 litros.

Segundo dados liberados pela Receita Federal, somente em 2019 a União arrecadou cerca de R$ 24,6 bilhões com PIS/Cofins cobrados sobre combustíveis.

Já no caso dos valores referentes a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), foram acumulados R$ 2,7 bilhões, totalizando aproximadamente R$ 27,4 bilhões de tributos em cima da gasolina, óleo e diesel.

Além dos impostos, os brasileiros também sentem em seus bolsos as cobranças referente ao modo de distribuição dos combustíveis nas refinarias.

Mesmo com a redução por parte da Petrobrás no preço da gasolina, os valores só são baixados nas bombas quando estas zeram o estoque já adquirido, isso faz com que os pagamentos altos permaneçam por mais tempo.

Na última quinta-feira (06), por exemplo, a marca anunciou uma redução no preço da gasolina e do diesel vendidos às refinarias em 4,3% e 4,4%, respectivamente. Porém, o repasse para os postos é que encarecem o produto, fazendo com que o valor permaneça basicamente o mesmo.

Leia também: INSS está preparado para atender os pedidos? Surpreenda-se com o balanço

Insatisfação dos governadores sobre o preço da gasolina

Desde as primeiras semanas de janeiro, o presidente Jair Bolsonaro vem travando um embate severo com um grupo de governadores estaduais que não concordam com as modificações nos impostos.

Em seu twitter, o presidenciável sugeriu zerar os tributos federais e na sequência afirmou que os combustíveis só não estão mais baratos graças ao entrave dos gestores públicos.

Insatisfeitos, os parlamentares enviaram uma carta solicitando que o governo federal reanalise a reforma tributária dos combustíveis. No texto, os integrantes afirmam que não é possível cancelar ou reduzir os tributos sem o consentimento dos estados. O time contra a medida conta com gestores do Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo e mais.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Preço da gasolina: cobrança de imposto sobre tanque cheio impressiona

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA