Calendário do INSS 2020: veja quando sacar o salário neste ano

Foi liberado desde o ano passado o calendário do INSS 2020, com as datas referentes aos pagamentos e liberação dos auxílios do Instituto. Incluindo aposentadoria, pensão, auxílio-doença, salário maternidade e auxílio reclusão deste ano todo. 

Calendário do INSS 2020: veja quando sacar o salário neste ano
Calendário do INSS 2020: veja quando sacar o salário neste ano (Imagem; Reprodução/Google)

Neste ano, os depósitos dos benefícios continuarão seguindo as mesmas regras que já eram aplicada em outros anos. O cronograma segue dando prioridade para o pagamento de benefícios dos segurados que recebem até um salário mínimo, que é de R$1.045.

Leia também: Salário do INSS 2020 é liberado com novo reajuste; veja quanto ficou

Nesta esfera, de pagamento por um salário mínimo, o instituto realiza o depósito de um grupo por vez. 

Após incluir esse primeiro público, o instituto passa a pagar o segundo lote, onde se encaixam aqueles que recebem mais de um salário mínimo. Nesta categoria, são pagos dois grupos por dia no calendário.

Há outra segmentação utilizada pelo instituto para os pagamentos, neste é levado em conta também o número do cartão, que influencia na ordem de pagamento.

Isso, porque o INSS utiliza o último número, antes do dígito, que se encontra no cartão para organizar o calendário do INSS 2020.

Calendário INSS 2020

Calendário de pagamentos do INSS em 2020 (Imagem: Reprodução/INSS)
Calendário de pagamentos do INSS em 2020 (Imagem: Reprodução/INSS)

Caso a data de pagamento caia em feriados ou finais de semana, o salário entrará na conta dos assegurados no dia útil seguinte.

É necessário ficar atento ao prazo para a retirada do dinheiro, que é de até 60 dias para o saque nas agências bancárias do país. O prazo começa a valer na data em que foi realizado o pagamento do benefício.

Caso o segurado não faça o saque durante esse período estipulado, o dinheiro será devolvido para o INSS. 

Sendo necessário acessar o portal Meu INSS, rede virtual do Instituto, e na opção “Agendamento/ Requerimento” fazer o pedido de devolução. 

O Instituto deve analisar o caso e liberar o valor em seguida. O benefício é bloqueado para evitar possíveis fraudes ou pagamento indevido.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA