INSS: reajuste de 4,48% é pago em novo salário de 2020

Aposentados e pensionistas do INSS com renda superior ao piso, começaram a receber seus auxílios de janeiro com o reajuste do salário mínimo. O pagamento teve um acréscimo de 4,48%, sendo definido de acordo com à variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), acumulado de janeiro a dezembro de 2019. A rodada de liberação teve início nessa segunda-feira (3) e se estenderá ao longo das próximas semanas.

INSS: reajuste de 4,48% é pago em novo salário de 2020 (Imagem: Reprodução - Google).
INSS: reajuste de 4,48% é pago em novo salário de 2020 (Imagem: Reprodução – Google).

A ordem de pagamento varia de acordo com a numeração final do cartão do INSS. Ao longo dessa semana, todos os grupos foram beneficiados.

Sendo que o prazo final foi na sexta-feira (7) para os cadastrados de número 5 e 0. Todos têm até 60 dias para retirar o dinheiro da conta.

Leia também: Demora no INSS cria número impressionante de ações judiciais

Inicialmente, o piso nacional do mês de janeiro estava em R$ 1.039. Entretanto, no último dia 14 o presidente Jair Bolsonaro comunicou um acréscimo de R$ 6.

Segundo ele, a estimativa do INPC, feita por sua equipe econômica, ficou inferior ao valor real aferido, por isso o mínimo teria o reajuste.

É válido ressaltar que o INSS utiliza o valor como referência para determinar o pagamento de todos os seus auxílios, seja por aposentadoria ou pensão.

Confira a tabela de reajustes do INSS 2020:

A tabela a seguir considera o mês de início de recebimento do salário, com aumento proporcional.

Data de início de benefício Reajuste proporcional (%)
Até janeiro de 2019 4,48
Em fevereiro de 2019 4,11
Em março de 2019 3,55
Em abril de 2019 2,76
Em maio de 2019 2,14
Em junho de 2019 1,99
Em julho de 2019 1,98
Em agosto de 2019 1,88
Em setembro de 2019 1,76
Em outubro de 2019 1,81
Em novembro de 2019 1,77
Em dezembro de 2019 1,22

 

Aqueles que recebem até o salário mínimo começaram a ter o valor depositado em suas contas na última semana.

No que diz respeito aos pagamentos de janeiro, a quantia foi de R$ 1.039, tendo em vista que era o salário em vigor durante o período. Apenas a partir de março subirá para R$ 1.045.

Ao se pronunciar sobre as modificações, Bolsonaro informou que os próximos reajustes deverão levar em consideração, prioritariamente, o valor das aposentadorias. Segundo o presidente, o benefício não pode ser inferior a inflação.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA