App MEI ganha nova versão atualizada pela Receita Federal 

O App do MEI, dedicado ao Micro Empreendedor Individual, sofreu uma atualização realizada pela Receita Federal. E agora, possuí recursos mais tecnológicos para melhor atender os usuários. 

App MEI ganha nova versão atualizada pela Receita Federal 
App MEI ganha nova versão atualizada pela Receita Federal (Imagem:Reprodução/Google)

O aplicativo está disponível para ser baixado em Android e iOS. Ao utilizar o App o MEI pode verificar informações sobre o seu cadastro como microempreendedor, situação tributária, CNPJ, nome, endereço cadastrado, débitos e a sua natureza jurídica.

Veja também: Valor do MEI 2020 muda mais uma vez com novo piso

Além disso é possível gerar e emitir o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) para realizar o pagamento, inclusive das parcelas que estão em atraso. 

Há também a possibilidade de realizar um quiz que pode ser utilizado pelo usuário para testar seus conhecimentos sobre MEI.

Em breve será disponibilizada nova versão do aplicativo na qual será possível a transmissão da Declaração Anual Simplificada para o MEI (DASN-Simei).

Essa é uma forma do microempreendedor controlar a situação do seu negócio sem ficar perdido. Com o App MEI todas as informações ficam na palma da sua mão.

A modalidade surgiu no ano de 2008, após a Lei Complementar 128 entrar em vigor em dezembro daquele ano.

A partir disso, foram criadas condições especiais para o trabalhador ter a sua empresa de forma independente.

Essa categoria é indicada para os empresários que faturam até R$81 mil por ano e não tenham outra empresa em seu nome, ou não sejam sócio de outra marca.

Os MEIs podem ter apenas 1 empregado contratado, e esse deve receber um salário mínimo ou o piso que é determinado para a categoria.

Leia também:Seguro desemprego 2020 vai receber desconto previdenciário na parcela do próximo mês

Para realizar a inscrição, o empreendedor precisará entrar no Portal do Empreendedor e realizar o seu cadastro. Para isso, será necessário informar o RG, Título de eleitor ou Declaração de Imposto de Renda, dados de contato e endereço residencial.

Automaticamente o sistema vai gerar o número de CNPJ e fazer a abertura da empresa. Para usufruir dos benefícios, basta quitar a primeira parcela da contribuição.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA