Banco Central prepara modalidade de pagamento rápida e segura

O Banco Central está preparando novas modalidades de pagamentos e de serviços bancários para os brasileiros. Uma das novidades é a transferência de dinheiro de forma instantânea para qualquer tipo de conta corrente ou de pagamento.

Banco Central prepara novas modalidades de pagamento e serviços bancários
Banco Central prepara novas modalidades de pagamento e serviços bancários (Imagem : Reprodução/Google)

Esse pagamento pode ser feito por pessoas físicas ou estabelecimentos comerciais, a qualquer hora, em qualquer dia da semana sem que sejam necessários todos os dados do destinatário.

Leia também: Preço do combustível: Bolsonaro é pressionado a isentar impostos

O novo sistema passa por teste neste mês e deve ser implementado a partir do mês de novembro. De acordo com informações do Banco Central. 

Depois do lançamento, instituições financeiras como os bancos de varejo e de pagamento como as fintechs que trabalham com contas e carteiras digitais, serão obrigadas a oferecer o serviço aos clientes.

Em entrevista ao jornal Exame, o chefe do departamento de competição e de estrutura do mercado financeiro do BC, Angelo Duarte, comenta sobre a nova ferramenta.

“O sistema de pagamento instantâneo tem a característica de operar 24 horas por dia, sete dias por semana. Ele vai incluir todos as instituições financeiras e de pagamento. Hoje em dia, você tem o TED e o DOC, que englobam todo o sistema financeiro, mas eles não funcionam nesse esquema 24 por 7”, disse.

O presidente informa que no sistema atual, mesmo em uma operação com o cartão de débito não é possível gerar crédito em conta no mesmo momento da operação em uma loja.

O novo sistema promete que esse problema seja resolvido, fazendo com que o valor seja creditado na conta do recebedor. Segundo a Febraban, o sistema permitirá enviar e receber o dinheiro em dez segundos.

Essa mudança ainda reduz custos do sistema.“As transações do dia a dia com cartão de débito e crédito têm custos maiores do que no sistema de pagamentos instantâneos. Esses custos não são visíveis para quem usa o cartão”, diz Duarte.

Os gastos que forem reduzidos farão parte de um sistema aberto a todas as instituições, a intenção é incentivar a competitividade e dar mais opção de mercado ao cliente. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA