IPVA SP 2020: restam apenas uma forma de pagamento sem juros e multas 

Se você é proprietário de veículo em São Paulo, atenção aos novos prazos do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores. Após o vencimento, na última quarta-feira (22), do prazo para o pagamento integral do IPVA SP 2020, que confere desconto de 3% na primeira parcela. A próxima mensalidade só poderá ser quitada em fevereiro, à vista e sem desconto. 

IPVA SP 2020: restam apenas duas formas de pagamento sem juros e multas
IPVA SP 2020: restam apenas duas formas de pagamento sem juros e multas

O pagamento pode ser efetuado em agências bancárias credenciadas, portando seu número do RENAVAM (Registro Nacional de Veículo Automotor).

Porém, para os que preferem mais praticidade, os motoristas podem fazer o parcelamento no cartão de crédito em uma das empresas credenciadas pela SEFAZ-SP como a PINPAG e a Taki. 

Leia também: IPTU 2020 SP, BH, Rio, Salvador e mais: saiba como funciona a cobrança nas capitais 

É importante lembrar que as operadoras financeiras têm autonomia para definir o número de parcelas que serão dispostas e adequar a melhor negociação com o contribuinte.

Esta é uma transação segura, com a comprovação de que o valor pago é transferido ao Estado de forma imediata, sem qualquer desconto ou encargo. Até o momento, estas são as únicas credenciadas para este tipo de trâmite, fique atento à golpes. 

Lembre-se que o IPVA SP 2020 é obrigatório. Quem deixar de pagar este imposto está sujeito à multa de 0,33% por dia de atraso e juros de mora com base na taxa SELIC. A única forma de quitar o imposto é à vista em fevereiro, o parcelamento também não é mais possível. 

Se o débito se estender por mais de 60 dias, o percentual da multa fixa-se em 20% do valor do imposto com o acréscimo de 1% a cada mês que vier a ser acumulado sem o pagamento. 

Andar por aí com o documento vencido também é um risco. Caso o devedor seja parado em uma blitz o veículo pode ser apreendido pela polícia até que todos os pagamentos sejam feitos.

Além disso, o proprietário do carro ou da moto deverá arcar com uma multa de R$293,47 e 7 pontos em sua carteira de habilitação. 

Acha que está em débito? Isto é fácil de conferir. Parcelas em aberto podem ser consultadas através do site da Secretaria da Fazenda. Para isto você precisará ter em mãos o número do RENAVAM do seu veículo.  

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

IPVA SP 2020: restam apenas uma forma de pagamento sem juros e multas 

Amanda Castro
Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) e graduanda de Administração pela Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, atua como redatora do portal FDR e demais portais de notícias desde 2017, produzindo conteúdo sobre economia, finanças pessoais e programas sociais.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA