Carteira do Idoso: documento garante uma série de benefícios; aprenda a fazer 

Os idosos do país podem solicitar a Carteira do Idoso, um documento que garante uma série de direitos e benefícios para essa população. Aprenda como emitir a sua carteira em passos simples.

Carteira do Idoso: documento garante uma série de benefícios; aprenda a fazer 
Carteira do Idoso: documento garante uma série de benefícios; aprenda a fazer

A Carteira de Idosos é um documento de comprovação para que os idosos tenham acesso gratuito ou desconto de no mínimo 50% no valor de passagens interestaduais, conforme o previsto no Estatuto do Idoso.

Os idosos com mais de 60 anos que não possuem meios de comprovação de renda e que recebem até dois salários mínimos, podem solicitar o benefício.

Leia também: Isenção do IPTU está garantida aos aposentados; saiba como pedir

Aqueles que possuem formas de comprovação de renda como: Contracheque de pagamento; Carnê de contribuição para a Previdência; Extrato de pagamento de benefício ou declaração do INSS e Carteira de Trabalho com anotações atualizadas, não precisam da Carteira do Idoso. 

Para esses é preciso solicitar o Bilhete de Viagem do Idoso ou o bilhete com desconto, basta comparecer ao guichê das empresas de transporte portando este comprovante e um documento de identidade com foto. 

Essa solicitação deverá ocorrer com antecedência de no mínimo três horas antes do horário de partida do veículo.

Para emitir a carteira, é preciso que o solicitante procure o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do seu município.

No CRAS o interessado irá se inscrever no Cadastro único para programas sociais do governo, caso ele ainda não esteja incluído. 

Se o centro não realizar esse cadastramento, o solicitante será encaminhado ao Setor Responsável pelo Cadastro Único da sua cidade. 

Ao estar inscrito, o cidadão receberá um número de identificação social (NIS). Assim, o CRAS poderá realizar a solicitação no sistema. 

A carteira será emitida em 90 dias, a partir da data de cadastramento no programa ou da atualização cadastral. 

Durante o período em que a carteira ainda não está pronta, o setor irá fornecer uma Declaração Provisória com o prazo de validade de 180 dias. O prazo para a carteira ficar pronta é de até 120 dias.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.