Benefícios do INSS 2020: saiba quais pagamentos não foram alterados com a reforma

O que é preciso saber sobre os benefícios do INSS? Com a reforma da previdência, promulgada no dia 13 de novembro de 2019, inúmeros auxílios fornecidos pelo instituto foram modificados. Entretanto, há ainda alguns pagamentos que continuam com as mesmas regras. Separamos uma lista para que você possa entender o funcionamento de cada um deles. Confira:

Benefícios do INSS: saiba quais pagamentos não foram alterados com a reforma (Imagem: Reprodução - Google)
Benefícios do INSS: saiba quais pagamentos não foram alterados com a reforma (Imagem: Reprodução – Google)

Leia também: Aposentadoria do INSS pode subir se o trabalhador seguir essas regras; veja!

Benefícios do INSS que não foram atingidos com a reforma

  • Auxílio doença

Trata-se de um benefício ofertado para os segurados que estão impossibilitados de trabalhar por apresentarem algum problema de saúde.

O tempo e valor do benefício varia de acordo com a situação de cada cadastrado, podendo ter um prazo de 15 dias ou de até 12 meses.

Para poder ter acesso é preciso cumprir algumas regras, como o tempo de carência de 12 meses, exigindo contribuições ao longo desse tempo. Entretanto, aqueles que sofreram acidentes dentro do próprio trabalho ficam isentos da espera.

Outro ponto importante é a qualidade de segurado, analisando as contribuições prestadas para que o valor seja equivalente.

Por fim, outra regra imposta é a de incapacidade, comprovado por uma perícia médica do próprio INSS, provando que o trabalhador não poder exercer seu ofício.

  • Salário Maternidade

Nesse caso, são seguradas as mulheres que se afastam de seus trabalhos por estarem grávidas, pelo nascimento de um filho, aborto espontâneo ou deu entrada em um processo de adoção.

Os valores e o tempo do pagamento variam de acordo com cada uma das situações citadas.

Para o aborto espontâneo o prazo é menor, sendo de até 15 dias. Já para gravidez e adoção, há uma assistência de até 6 meses. É válido ressaltar que o salário pode ser pago para homens, uma vez em que deem entrada em um processo de adoção.

  • Aposentadoria Rural

Entre os benefícios do INSS, este é destinado para os trabalhadores rurais que estão se aposentando.

Apesar das mudanças de idade e do tempo de contribuição, a categoria não foi alterada e continuará sendo liberada para homens com 60 anos e mulheres com 55. É preciso ter trabalhado por pelo menos 180 meses em atividades rurais.

  • BPC/LOAS

O benefício de prestação continuada (BPC) segue sendo pago para os brasileiros com mais de 65 anos que apresentam uma renda de até 1/4 do salário mínimo. No caso dos portadores de deficiência, o pagamento é feito em qualquer idade.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.