Auxílio doença do INSS: lista com todas as principais informações do benefício

Você sabe o que é o auxílio-doença fornecido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)? Trata-se de um pagamento destinado aos trabalhadores que ficam impossibilitados de trabalhar por questões de saúde. Para pode solicita-lo é preciso ter uma contribuição mínima de 12 meses e estar com o cadastro atualizado no instituto.

Auxílio doença do INSS: lista com todas as principais informações do benefício
Auxílio doença do INSS: lista com todas as principais informações do benefício

O benefício é liberado para qualquer trabalhador vinculado a Previdência, desde que este consiga comprovar, por meio de uma perícia médica, que está impossibilitado de exercer suas atividades trabalhistas.

É preciso se submeter a uma avaliação de saúde feita pelos profissionais do INSS, a fim de emitir um laudo comprovando a condição.

Leia também: Benefícios do INSS com valor acima do piso podem ganhar novo reajuste

Outro ponto importante diz respeito ao afastamento da empresa. Enquanto estiver recebendo o auxílio, o funcionário não pode ir ao trabalho, estando sujeito a suspensão do pagamento caso viole a medida.

O tempo de pagamento varia de acordo com a condição médica do segurado e pode ser renovado caso ainda se mantenha em estado de invalidez.

Como solicitar o auxílio doença

Basta acessar o Meu INSS e criar um login no sistema. Na sequência, o usuário deve selecionar a opção “Agende sua Perícia”, presente no menu lateral esquerdo.

Depois, é necessário clicar em “Agendar Novo” (para primeiro pedido) ou em “Agendar Prorrogação” para prorrogar o benefício.

O acompanhamento do processo pode ser feito também no portal, por meio da página “Resultado de Requerimento/Benefício por Incapacidade”

Após agendar a consulta, o segurado deverá ir até uma unidade do INSS e realizar a perícia.

Há casos, quando o doente está impossibilitado de sair de casa, que o instituto manda sua equipe para realizar a avaliação à domicilio.

Lista de documentos solicitados:

  • Documento de identificação oficial com foto, que permita o reconhecimento do requerente;
  • Número do CPF;
  • Carteira de trabalho, carnês de contribuição e outros documentos que comprovem pagamento ao INSS;
  • Documentos médicos decorrentes de seu tratamento, como atestados, exames, relatórios, etc, para serem analisados no dia da perícia médica do INSS (não é obrigatório);
  • Para o empregado: declaração assinada pelo empregador, informando a data do último dia trabalhado (se precisar, imprima o requerimento);
  • Comunicação de acidente de trabalho (CAT), se for o caso;
  • Para o segurado especial (trabalhador rural, lavrador, pescador): documentos que comprovem esta situação, como contratos de arrendamento, entre outros.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Auxílio doença do INSS: lista com todas as principais informações do benefício

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA