Calendário Bolsa Família 2020: pagamento termina nesta sexta-feira

Governo divulgou no início deste ano o calendário do Bolsa Família de 2020. O cronograma é responsável por organizar o recebimento dos valores do benefício. De acordo com o planejamento, encerra-se nesta sexta-feira (31) o pagamento referente ao primeiro mês do ano.

Calendário Bolsa Família 2020: pagamento termina nesta sexta-feira
Calendário Bolsa Família 2020: pagamento termina nesta sexta-feira

O calendário completo detalha que o recebimento dos valores vão de acordo com o número final do NIS (Número de Inscrição Social) de cada um dos beneficiários. Para saber, é necessário identificar no cartão do Bolsa Família.

Leia também: Atrasos no Bolsa Família indicam número impactante de cortes comparados a 2019

O benefício é pago sempre nos dez últimos dias úteis de cada mês. Começando com as famílias com número de NIS com final 1 e encerrando com o número 0. Confira o calendário do Bolsa Família de 2020 completo:

Para realizar o saque, o responsável pela família deverá comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal, acompanhado do cartão do programa. A divisão de datas no calendário do Bolsa Família proporciona um melhor fluxo dentro do banco.

Atualmente o Bolsa Família é repassado para mais de 13 milhões de famílias que vivem em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 89 mensais, e de pobreza, com renda entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais por cada membro.

Em média, o valor transferido é de R$ 189,21. Para 2020 é previsto R$ 29,5 bilhões sejam pagos em benefícios do Bolsa Família, de acordo com o Orçamento da União.

O Bolsa foi criado em 2003, e presta assistência financeira a famílias brasileiras em situação de vulnerabilidade.

Com o intuito de garantir seu acesso à renda, a direitos sociais e a ações complementares que ampliam as possibilidades de desenvolvimento da família. O valor repassado varia conforme o número de membros da família, idade e renda declarada.

Um dos pontos mais importantes para o registro é estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Para receber o benefício é preciso ter família com renda por pessoa de até R$ 85 mensal. Ter gestantes, crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos, aumenta o grau de prioridade; confira os demais critérios:

  • Família com renda por pessoa de até R$ 85,00;
  • Famílias pobres que tenham gestantes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos;
  • Estar inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal;
  • As gestantes devem fazer consultas de pré-natal, conforme calendário preconizado pelo Ministério da Saúde (MS);
  • Manter em dia o cartão de vacinação das crianças de 0 a 7 anos;
  • Acompanhamento da saúde de mulheres na faixa de 14 a 44 anos;
  • Participar das atividades educativas ofertadas como aleitamento materno e alimentação saudável;
  • Frequência mínima de 85% na escola, para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos, e de 75%, para adolescentes de 16 e 17 anos;
  • Famílias que possuem renda por pessoa entre R$ 85,01 e R$ 170.

Os beneficiados têm até 90 dias após a data determinada no calendário do Bolsa Família 2020 para retirar a quantia. Caso contrário, serão desligados do programa.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.