Saque do FGTS impede recebimento do seguro desemprego? Entenda aqui!

Trabalhadores seguem enfrentando dificuldades na hora de solicitar o seguro desemprego. O entrave está acontecendo por causa do pagamento do saque do FGTS, realizado desde setembro de 2019. Com a nova modalidade, há um conflito de informações no sistema do fundo de garantia, impossibilitando o pagamento do benefício.

Saque do FGTS impede recebimento do seguro desemprego? Entenda aqui!
Saque do FGTS impede recebimento do seguro desemprego? Entenda aqui!

Ao anunciar a liberação do saque-imediato, o governo federal informou que os brasileiros que retirassem o valor entre R$ 500 e R$ 998 não teriam prejuízos trabalhistas, uma vez em que tratava-se de um pagamento extra, como uma espécie de bonificação.

Leia também: Novo FGTS vai aumentar modalidades e número de beneficiados

Além disso, comunicou-se também que o benefício, diferentemente do saque aniversário, não resultaria na proibição do seguro desemprego. Entretanto, após retirar a quantia ofertada, trabalhadores que foram demitidos estão sem poder receber o auxílio.

Nessa quarta-feira (22), a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informou que foram reavaliados cerca de 67.523 requerimentos de seguro-desemprego que estavam suspensos por causa do saque do FGTS.

Segundo o órgão, o pagamento das parcelas do seguro começará a ser feito ainda no mês de janeiro, a partir do próximo dia 28, dentro dos 30 dias pós a solicitação do benefício.

Os valores subsequentes serão enviados a cada mês, tendo como data de vencimento o dia em que recebeu o auxílio pela primeira vez.

A secretaria informou também que os pedidos que não tinham sido aprovados inicialmente já foram liberados e aqueles que solicitarem de agora por diante não precisarão mais ficar na fila de espera.

Entretanto, como o sistema ainda está sendo atualizado pois o pagamento do saque-imediato segue acontecendo, caso haja algum entrave o trabalhador deverá notificar a Caixa, solicitando um reprocessamento.

O pedido de revisão deve ser realizado pela internet ou pelo aplicativo da Carteira de Trabalho Digital.

“Os requerimentos reprocessados nesta semana são relativos aos pedidos feitos até 17 de janeiro. Todos que estavam bloqueados por conta da nova modalidade de saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) foram liberados. As novas solicitações de seguro-desemprego não passarão pelo mesmo problema”, informou a secretaria por meio de nota.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

Saque do FGTS impede recebimento do seguro desemprego? Entenda aqui!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA