INSS: atualizar dados cadastrais pode acelerar entrega do benefício 

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), está com cerca de 2 milhões de benefícios com o tempo de espera maior que os 45 dias permitidos em lei. Os cidadãos estão a procura de uma solução que possa ajudá-los a diminuir esse tempo de espera, uma delas é a atualização dos dados cadastrais.

INSS: atualizar dados cadastrais pode acelerar entrega do benefício 
INSS: atualizar dados cadastrais pode acelerar entrega do benefício

A crise que gerou o acúmulo de requerimentos foi causada pelo alto índice de uso do sistema digital no ano passado, segundo informou o Instituto.

Além disso, a Reforma da Previdência ajudou nesse empasse. Por conta das mudanças nas regras que deverão ser atualizadas no sistema, mas que ainda não foram feitas. 

Leia: Nova tabela do INSS é publicada e vai interferir no seu salário 

O tempo de resposta estabelecido por lei é de 45 dias, mas atualmente esse prazo está em quase 10 meses.

A atualização dos dados permite que o requerente receba algum benefício após pedir ao INSS, que corrija os seus dados cadastrais ou atualização nos casos de Empregado Doméstico, Contribuinte Individual, Facultativo ou Segurado Especial.

Para realizar a atualização de vínculos e contribuições previdenciárias os trabalhadores devem ter solicitado algum benefício. 

Para essa solicitação, não é preciso ir até uma unidade do INSS, ela pode ser feita pela internet. Assim, é só fazer login no Meu INSS, depois escolher a opção de “Agendamento/Requerimento” e clicar em “novo requerimento”.

Digitar no campo de pesquisa a palavra “dados” e selecionar “Novo requerimento”, pesquise por “atualização” e selecione o serviço.

A atualização dos cadastros é importante porque muitas vezes pode ser o impasse para que o benefício seja liberado. Manter o INSS por dentro das suas condições como segurado ajuda a acelerar seu pedido, já que o Instituto não vai poder justificar a demora por falta de colaboração do requerente.

É necessário apresentar os documentos pessoais do trabalhador com foto, título eleitoral, certidões de nascimento ou de casamento, comprovante de residência, entre outros.

O governo não tem um prazo para que essa fila fique zerada, nem para que o sistema do instituto seja atualizado com as novas regras.

Para reduzir essa crise, o governo quer contratar cerca de 7 mil militares para ajudar os funcionários do instituto a fazer o atendimento nas agências. 

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

INSS: atualizar dados cadastrais pode acelerar entrega do benefício 

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA