Crédito consignado pode virar problema? Reclamações aumentam em 80%

Apesar de ser um dos serviços financeiros mais antigos em circulação no mercado, o crédito consignado vem sendo motivo de dor de cabeça para inúmeros brasileiro. Segundo uma reportagem do portal O Globo, o número de queixas referentes a modalidade cresceu em até 80%, diminuindo consideravelmente sua credibilidade entre os consumidores.

Crédito consignado vale mesmo a pena? Reclamações aumentam em 80%
Crédito consignado vale mesmo a pena? Reclamações aumentam em 80%

Entre as principais reclamações, estão a falta de informações por parte das instituições financeiras, taxas até então não informadas, erros contratuais, irregularidades nas documentações e mais.

Saiba também: Cartão de crédito Olé: por que solicitar o consignado?

Segundo o Banco Central (BC), nos últimos dois anos o serviço contou com um crescimento de queixas. Entre 2017 e 2019 a quantidade de reclamações sobre a modalidade aumentou de 676 para 1223, o que representa crescimento superior a 80%.

Em 2019, a reclamação mais registrada pelos clientes estava relacionado ao impedimento de realização da portabilidade de crédito. Ou seja, ao desejarem migrar para outra instituição financeira, estes estavam sendo barrados. Os bancos que mais foram citados nesse ponto foram o Inter, Safra, Continental e Itaú.

Na sequência, outro problema também em evidência diz respeito a concessão do consignado sem a aprovação do cliente.

Isso quer dizer que há consumidores que estão aderindo ao serviço sem ao menos saberem deste fato, não entendendo o que foi contratado, quando, onde e porquê. Nesses casos, os bancos mais mencionados foram o Itaú, Pan, Safra e BMG.

Por fim, há também erros presentes nos documentos para a liquidação antecipada do crédito consignado, inconstâncias nos contratos e nas informações repassadas na hora de fechar o serviço.

Como recorrer quando detectar algum problema

Se identificar que está sendo lesado de alguma forma por qualquer instituição financeira, o consumidor deve entrar em contato com o Procon formalizando um pedido de análise do caso. A solicitação é feita através do site da instituição no estado ou em uma das unidades do órgão.

Também é possível reclamar através do site do Banco Central, para que o órgão fiscalize o banco em questão.

Sobre o crédito consignado

Trata-se de uma modalidade de empréstimo liberada para servidores que têm o pagamento descontado diretamente de seus salários. Atualmente, ele pode comprometer até 35% da renda total do consumidor e é ofertado pelos principais bancos nacionais.

Por isso, para que o sistema não vire um problema é necessário ter organização sobre o quanto pode emprestar do banco, estar ciente dos juros e da forma de pagamento.

Além de organizar o seu salário e entender que este será comprometido com descontos para o pagamento do crédito.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Crédito consignado pode virar problema? Reclamações aumentam em 80%

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA