Informe de rendimento do INSS precisa ser emitido o quanto antes; saiba como fazer

O período de declaração do Imposto de Renda 2020 está cada vez mais próximo e com isso milhares de brasileiros precisam começar a se organizar para a prestação de contas. Entres as informações dadas ao leão, o contribuinte pode solicitar ao Instituto Nacional do Seguro Social seu extrato de benefícios e contribuições. Isto é, o informe de rendimento do INSS, que pode ser abatido nos valores finais.

Informe de rendimento do INSS precisa ser emitido o quanto antes; saiba como fazer
Informe de rendimento do INSS precisa ser emitido o quanto antes; saiba como fazer

O procedimento é simples e deve ser realizado diretamente com o INSS. Há duas formas de fazer, uma só através do portal Meu INSS e outra tendo que ir até uma unidade do instituto.

Acesse também: Declaração IRPF 2020: startup lança plataforma gratuita para facilitar preenchimento

Como emitir o informe de rendimento do INSS

  • Pela internet sem comparecimento à unidade do INSS

Dessa forma, é preciso acessar o Portal do Meu INSS, selecionar a opção “Entrar” no canto superior direito da tela e realizar um cadastro. Caso seja o primeiro acesso, é preciso fazer o login criando uma senha e e-mail de identificação.

Na sequência, ao acessar o sistema com a senha registrada, escolha a opção “Extrato para Imposto de Renda (IR)” , do lado esquerdo da página, e emita o documento.

  • Com agendamento e comparecimento à unidade do INSS

Já para aqueles que preferem fazer o serviço presencialmente, é preciso acessar o Meu INSS, solicitar um “Novo requerimento” e digitar no campo “pesquisar” a palavra “extrato”.

Na sequência, marque o horário e local que deseja ser atendido. Compareça à unidade do INSS, no dia e hora definidos, com os documentos necessários, sendo estes:

  • Procuração ou termo de representação legal, documento de identificação com foto e CPF do procurador ou representante, se houver;
  • Documentos pessoais do interessado com foto.

Mudanças no Imposto de Renda 2020

Esse ano o tributo passará por algumas modificações, a mais recente, no que diz respeito as declarações, é que agora os patrões não poderão abater as contribuições do INSS de seus funcionários domésticos.

A medida não foi renovada para 2020 e não poderá ser aplicada. Aqueles que colocarem os valores na declaração de forma desatualizada estarão sujeitos a cair na malha fina.

Segundo o governo, a isenção por parte da modalidade foi definida por só beneficiar uma parcela da sociedade que tem condições de custear as despesas com empregado doméstico.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Informe de rendimento do INSS precisa ser emitido o quanto antes; saiba como fazer

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA