IPTU Porto Velho 2020: governo aumenta formas de pagamento 

Na capital de Rondônia, o IPTU Porto Velho 2020 ganha facilidades da prefeitura. Já que o governo diversificou as formas de pagamento para que os contribuintes possam quitar o débito. De acordo com o secretário municipal de fazenda, João Altair, a prefeitura está disponibilizando vários meios para facilitar a vida do contribuinte, é possível quitar o imposto inclusive com cartão de crédito.

IPTU Porto Velho 2020: governo aumenta formas de pagamento 
IPTU Porto Velho 2020: governo aumenta formas de pagamento

Em entrevista ao Jornal Rondoniagora o secretário comentou sobre as possibilidades de pagamento.

“Credenciamos quatro operadoras de cartões para receber os tributos municipais através dos cartões de crédito e débito, então é mais uma facilidade que está disponível também, além do acesso aos carnês que estão chegando pelos Correios e através do portal www.semfazonline.com”, disse.

Leia também: IPTU Digital 2020: método tem poupado tempo e dinheiro das prefeituras

Os contribuintes que desejarem podem realizar o pagamento da parcela única até o dia 31 de janeiro com 20% de desconto. Já aqueles que pagarem até 28 de fevereiro, o desconto vai para 10%. 

Para os contribuintes que deixarem para realizar o pagamento no mês de março, não haverá desconto. 

O IPTU Porto Velho 2020 pode ser parcelado em até 12 vezes no cartão de crédito com juros da operadora na sede da SEFAZ. 

Para ajudar o contribuinte, a Prefeitura está atendendo os munícipes em quatro locais na capital para realizar a impressão do boleto de pagamento. 

Os locais são na sede da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz) localizada na Avenida 7 de Setembro, 744, centro.

Na Biblioteca Viveiro das Letras (av. Jatuarana, 5.068, bairro Cohab), na Praça Céu (rua Antônio Fraga Moreira, 1.706 – 1.770, bairro Juscelino Kubitschek), e no Tudo Aqui no Porto Velho Shopping (na Rio Madeira com Calama).

A prefeitura pretende arrecadar cerca de R$25 milhões com o IPTU Porto Velho 2020. O imposto é cobrado como forma de arrecadar recursos para serem investidos no próprio município. 

O valor varia de acordo com o valor venal do imóvel, que é utilizado como base para o cálculo considerando a infraestrutura da propriedade. 

Os contribuintes precisam realizar o pagamento do IPTU, pois se ficar em dívida terão o acréscimo de multa e de juros pelo período de inadimplência. 

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

IPTU Porto Velho 2020: governo aumenta formas de pagamento 

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA