IPTU Digital 2020: método tem poupado tempo e dinheiro das prefeituras

As cobranças do Imposto Predial Urbano Territorial começaram a ser aplicadas em todos os municípios brasileiros. O tributo é direcionado para os proprietários de imóveis e deve ser quitado anualmente. O calendário de pagamento varia de acordo com cada região e é determinado pela prefeitura. Esse ano, a maioria dos gestores optaram pelo IPTU Digital 2020, visando diminuir as despesas dos cofres públicos.

IPTU Digital 2020: método tem poupado tempo e dinheiro das prefeituras
IPTU Digital 2020: método tem poupado tempo e dinheiro das prefeituras

A guia digital é uma espécie de segunda via do boleto e pode ser retirada tanto no site da secretaria da fazenda da região onde está registrado o imóvel, como também no portal da prefeitura. O procedimento é simples e solicita apenas o número de registro do terreno.

Veja também: IPTU Campina Grande 2020 promete vantagens aos contribuintes 

Como usar o IPTU Digital 2020

Pelo site da prefeitura:

Em Recife (PE), por exemplo, os contribuintes devem acessar o portal da prefeitura, selecionar a opção de serviços e procurar pela aba de impostos – IPTU.

Nela, haverá opções de extrato e consulta de pagamentos, desse modo basta informar o número de registro do imóvel e preencher o campo robotizado com o código presente na própria página.

Ao fazer o login, o contribuinte verá o valor total do imposto e poderá simular o parcelamento da quantia, conseguindo conferir as datas de pagamento e cobranças mensais.

No site da secretaria da fazenda:

Pela SEFAZ a consulta pelo IPTU Digital 2020 também é parecida, primeiro o contribuinte precisa acessar o portal. Procurar pela opção de impostos e selecionar IPTU.

Na sequência, selecionar o link referente a pagamentos e informar o número de registro do imóvel. Ao carregar, o portal disponibilizará os carnês para impressão, tanto na versão única quanto nas parceladas.

É válido ressaltar que o funcionamento dos serviços acima podem variar de acordo com o layout de cada site. Entretanto, de modo geral, os contribuintes precisam sempre buscar pela aba de serviços – impostos – IPTU.

Emissão digital sai mais barato

Um dos principais motivos pelos quais as prefeituras estão optando pelo boleto digital é porque o documento custa menos para os cofres públicos.

Ao permitir que o contribuinte imprima seu próprio carnê, o governo municipal fica isento dos gastos referentes a impressão e entrega.

Para incentivar o hábito, há regiões que estão oferecendo descontos de até 3% para os proprietários que dispensarem a guia impressa e optarem pela versão digital.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

IPTU Digital 2020: método tem poupado tempo e dinheiro das prefeituras

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA