Dívida do IPVA e IPTU de Brasília alcança número impressionante

Número surpreendente é registrado nos atrasos de pagamento dos impostos comuns de começo de ano em Brasília. Os dados detalham que mais de 187 mil brasilienses estão em dívida do IPVA e IPTU ainda do ano de 2019.

Dívida do IPVA e IPTU de Brasília alcança número impressionante
Dívida do IPVA e IPTU de Brasília alcança número impressionante

Mas, apesar do grande número em 2019, o preocupação do estado é de que o cronograma de vencimento dos impostos correspondentes a 2020 já começa neste mês.

De acordo com recomendação, o ideal é quitar os boletos em aberto antes de começar a pensar nos próximos. Com os pagamentos, o estado espera receber R$ 413,9 milhões, valor corresponde 16,8% do total que seria arrecadado com as duas taxas.

Veja também: Isenção IPVA DF 2020: motos de baixa cilindrada estão na mira do governo

Ainda segundo os dados divulgados, o maior percentual de defasagem foi registrado no pagamento do IPTU, no qual acumulou 80,1% do valor esperado pelo Executivo local. Já a dívida do IPVA representou um acumulo de pagamentos correspondente a 85,4% do previsto.

Para realizar o pagamento dos débitos é preciso ficar atento aos prazos e, mesmo sem os descontos é possível parcelar o valor devido. Mas, desta forma, é necessário quitar pelo menos 5% da dívida como sinal.

Ao total, no IPTU foram 155.940 contribuintes em atraso e o IPVA marcou 153.906 devedores.

De acordo com o estado, a cota com maior taxa de inadimplência do IPTU em 2019 foi a terceira, com a média das dívidas de R$ 600 e R$ 800 para o tributo que recai sobre imóveis, e varia de R$ 500 a R$ 600 para o imposto automotivo.

Para prevenir a inscrição na dívida ativa, o interessado deverá realizar o parcelamento do débito antes de entrar na dívida ativa.

Caso o valor não seja quitado, o total sofrerá acréscimo de 10%. Negociação pode ser feita pelo site www.receita.fazenda.df.gov.br ou pelas Agências de Atendimento da Receita.

Para o IPTU 2020, imposto poderá ser quitado em até quatro parcelas iguais, com início datado para maio. O valor de cada uma não pode ser inferior a R$ 20. Caso a soma do valor do imposto com o da Taxa de Limpeza Pública (TLP) seja menor que R$ 40, a quantia deve ser desembolsada de uma só vez.

Calendário 2020 definido pela prefeitura obedece dígito verificador do número da inscrição do imóvel, que consta no Cadastro Imobiliário do Distrito Federal (CI/DF).

Datas de vencimento de IPTU/TPL

  • Dígitos 1 e 2: 18/05/2020, 15/06/2020, 13/07/2020 e 17/08/2020
  • Dígitos 3 e 4: 19/05/2020, 16/06/2020, 14/07/2020 e 18/08/2020
  • Dígitos 5 e 6: 20/05/2020, 17/06/2020, 15/07/2020 e 19/08/2020
  • Dígitos 7 e 8: 21/05/2020, 18/06/2020, 16/07/2020 e 20/08/2020
  • Dígitos 9, 0 e X: 22/05/2020, 19/06/2020, 17/07/2020 e 21/08/2020

Já o IPVA de 2020 poderá ser pago em até três parcelas. E começam a ser cobradas em fevereiro. Mas cada uma não pode ter valor inferior a R$ 50. Confira calendário completo:

Datas de vencimento de IPVA

  • Números 1 e 2: 17/02/2020, 16/03/2020 e 13/04/2020
  • Números 3 e 4: 18/02/2020, 17/03/2020 e 14/04/2020
  • Números 5 e 6: 19/02/2020, 18/03/2020 e 15/04/2020
  • Números 7 e 8: 20/02/2020, 19/03/2020 e 16/04/2020
  • Números 9 e 0: 21/02/2020, 20/03/2020 e 17/04/2020

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Dívida do IPVA e IPTU de Brasília alcança número impressionante

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA