FGTS: adesão a nova modalidade pode ser feita de forma digital

Em 2020 os trabalhadores passarão a contar com uma nova modalidade de pagamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Intitulado de saque-aniversário, o benefício permitirá um pagamento anual nas datas de nascimento dos cadastrados. Para ter acesso, é preciso solicitar a transferência, uma vez em que não será possível estar inserido na modalidade rescisão e na nova ao mesmo tempo.

FGTS: adesão a nova modalidade pode ser feita online
FGTS: adesão a nova modalidade pode ser feita online

Os candidatos que desejarem ser contemplados com o saque-aniversário, precisam acessar o site da Caixa Econômica Federal ou o aplicativo FGTS registrando a transferência da categoria.

O procedimento é simples e não exige nenhuma documentação. Basta acessar o portal e criar um perfil. Na tela principal, é necessário selecionar a opção aniversário.

Leia também: Novo saque do FGTS vai beneficiar quem busca por linha de crédito

Ao optar pela escolha, é importante que o cadastrado saiba que ele terá uma carência mínima de dois anos caso deseje desistir e retornar a modalidade anterior.

Um dos motivos pelos quais possa haver desistência, é que no saque-aniversário o segurado não terá direito ao saque rescisão. Mas, permanece com o recebimento da multa de 40%.

Quando vale a pena mudar de modalidade no FGTS

Segundo os especialistas, é preciso avaliar a situação individual de cada trabalhador. Aqueles que já estão no fim de suas contribuições e próximo da aposentadoria, não devem trocar de pagamento no FGTS.

Isso porque, ao obter o tempo completo de serviço, terão todo o valor das contribuições prestadas. Caso migrem para o saque-aniversário perderão a quantia.

Já quem estiver ingressando no mercado de trabalho agora e não tiver muito tempo de contribuição, a nova modalidade é uma ótima oportunidade, uma vez em que têm taxas de rendimentos positivas levando em consideração o atual mercado financeiro.

Quem tiver segurança no emprego e não correr o risco de ser demitido também pode optar pelo saque-aniversário, já que sua lucratividade é maior.

Confira o calendário de pagamento 2020

  • Nascidos em janeiro e fevereiro – saques de abril a junho de 2020;
  • Nascidos em março e abril – saques de maio a julho de 2020;
  • Nascidos em maio e junho – saques de junho a agosto de 2020;
  • Nascidos em julho – saques de julho a setembro de 2020;
  • Nascidos em agostos – saques de agosto a outubro de 2020;
  • Nascidos em setembro – saques de setembro a novembro de 2020;
  • Nascidos em outubro – saques de outubro a dezembro de 2020;
  • Nascidos em novembro – saques de novembro de 2020 a janeiro de 2021;
  • Nascidos em dezembro – saques dezembro de 2020 a fevereiro de 2021.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

FGTS: adesão a nova modalidade pode ser feita de forma digital

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA