Governo traz solução sobre atrasos nos pedidos de seguro desemprego

Após reportagem do Portal G1, relatando que os brasileiros estão impedidos de receber o seguro-desemprego graças ao pagamento do saque-imediato do FGTS, a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informou que está corrigindo os erros de sistema e que os pagamentos serão liberados já nas próximas semanas.

Governo traz solução sobre atrasos nos pedidos de seguro desemprego
Governo traz solução sobre atrasos nos pedidos de seguro desemprego

Aqueles que solicitaram o benefício terão a quantia depositada até o dia 22. Quanto aos benefícios que forem pedidos posteriormente, os mesmos deverão ser concedidos automaticamente e não precisaram esperar pelo suposto prazo de 60 dias.

Veja tambémSeguro desemprego e PIS recebem reajuste maior que o esperado

O entrave aconteceu graças a movimentação do FGTS nos últimos meses para liberar o pagamento do saque-imediato. Os desempregados que solicitaram o benefício foram informados que teriam que dar entrada em um recurso administrativo 557 para poder ter acesso a quantia.

Ainda segundo o comunicado, o prazo para receber o auxílio era de 60 dias, ultrapassando os 30 determinado pela lei.

Segundo a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, o problema já está sendo resolvido e deverá ser normalizado nos próximos dias. O Ministério da Economia dará início aos processos corretivos em parceria com a Caixa Econômica Federal.

“Com a solução, os trabalhadores que apresentaram um recurso administrativo 557 terão os benefícios liberados no que ocorrer primeiro, reprocessamento ou análise do recurso. Já aqueles que não contestaram a negativa terão a liberação do seguro-desemprego de forma automática”, informou o órgão ao G1.

Para ter acesso a reanálise do benefício, os desempregados deverão solicitar por meio do site www.gov.br ou pelo aplicativo da Carteira de Trabalho Digital.

O que causou o problema no seguro desemprego

A secretaria explicou que o entrave aconteceu por causa de uma medida de segurança que analisa todas as tramitações do FGTS. O processo impede que o trabalhador realize saques em períodos curtos e como a modalidade imediata é uma novidade ainda não foi atualizada no sistema.

Será preciso modernizar os servidores para que eles consigam acompanhar o novo fluxo do FGTS, levando em consideração os pagamentos do saque-aniversário e saque-imediato.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Governo traz solução sobre atrasos nos pedidos de seguro desemprego

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA