Governo faz corte no Bolsa Família com desligamento de milhões

Recebimento do benefício de transferência de renda é direcionado para famílias em situação de vulnerabilidade social em todo o país. Mas no último ano, o governo criou um pente fino para filtrar os cadastros de quem realmente necessita do pagamento. E pôde fazer o corte no Bolsa Família de milhões de titulares.

Governo faz corte no Bolsa Família com desligamento de milhões
Governo faz corte no Bolsa Família com desligamento de milhões

A fiscalização em torno dos recebimentos indevidos fez com que 1,3 milhões de benefícios sejam passassem pelo corte no Bolsa Família. A ação faz parte de orientação do governo para banir cadastros com irregularidade.

A iniciativa acontece desde 2019 e já gerou, de acordo com o Ministério da Cidadania, uma economia aos cofres públicos de R$ 1,3 bilhão de reais.

Leia também: Mudanças no Bolsa Família são ameaçadas por limitação de Guedes

Ainda de acordo com o governo, a expectativa é de realizar uma reforma no programa a fim de estudar a melhor modificação e melhorias no acesso e entrega do benefício.

Essas são as informações repassadas pelo porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros.

Mas as modificações ainda não têm data para serem entregues. Estuda-se uma reformulação do nome do programa, como destaca Rêgo Barros em entrevista à Agência Brasil. “É uma das propostas, mas ainda não está fechada. Tudo indica [que sim]”, finaliza.

O porta-voz também destacou os motivos pelos quais a mudança tende a acontecer e que visam “recuperar alguns aspectos que ficaram para trás em programas assistencialistas de governo passados, privilegiando mérito, imaginando possibilidades de saída dessas pessoas do programa, a partir de que elas evoluam como cidadão”.

Atualmente o Bolsa Família é repassado para mais de 13 milhões de famílias que vivem em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 89 mensais, e de pobreza, com renda entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais por cada membro.

Em média, o valor repassado para as família é de R$ 189,21. Para 2020 é previsto R$ 29,5 bilhões sejam pagos em benefícios do Bolsa Família, de acordo com o Orçamento da União.

O Bolsa foi criado em 2003, e presta assistência financeira a famílias brasileiras em situação de vulnerabilidade.

Com o intuito de garantir seu acesso à renda, a direitos sociais e a ações complementares que ampliam as possibilidades de desenvolvimento da família. O valor repassado varia conforme o número de membros da família, idade e renda declarada.

Em dezembro, o portal UOL produziu uma reportagem mostrando o outro lado do corte no Bolsa Família. Mostrando cadastrados comprovadamente de baixa renda, que foram desligados e passaram o fim de ano com menos recursos disponíveis.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Governo faz corte no Bolsa Família com desligamento de milhões

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA