Mau momento para fazer pedidos no INSS? Entenda o cenário de crise

As alterações provocadas pela Reforma da Previdência ocasionaram momentos de espera para contribuintes que desejam solicitar pedidos no INSS. Tanto para benefícios atingidos com a reforma, como nos demais auxílios.

Mau momento para fazer pedidos no INSS? Entenda o cenário de crise
Mau momento para fazer pedidos no INSS? Entenda o cenário de crise

O momento de crise é observado pela falta de de sistema para dar conta
dos pedidos do INSS causando transtorno para os segurados.

Além do ponto causado pela Previdência, ainda há outras observações consideradas em todo o país.

Veja também: Aposentadorias do INSS são principal alvo de crise no sistema

Contribuintes detalham que encontram dificuldades e esperam há meses pela análise de seus requerimentos e são obrigados a enfrentar filas de espera e peregrinar pelas agências em busca de uma solução.

Para tentar contornar as dificuldades, em agosto de 2019 o instituto realizou uma força tarefa para otimizar o estoque de pedidos e realizar a digitalização do atendimento. Mas, mudanças não surtiram efeito.

Juntamente a esta mudança, a aprovação da reforma da Previdência também provoca atrasos. Os sistemas ainda não foram adaptados às novas regras, provocando um atraso nos pedidos de aposentadoria.

Os problemas também estão sendo observados para obtenção dos benefícios de salário-maternidade e auxílio-doença.

Ainda assim, o governo detalha que reconhece os problemas, mas busca soluções. De certa forma, admite que ainda irá demorar para contornar e sem prazo definido para zerar a fila de análises de pedidos.

Em linhas gerais, o INSS pontua que a análise dos pedidos dos benéficos é realizada em até 45 dias. Ainda assim, detalha que estoque de pedidos de benefícios era 1,990 milhão no ano passado, mas 1,3 milhão não foram concluídos até agora.

Desta forma, cerca de 65% dos requerimentos estão sem previsão de andando e à espera de resposta do órgão. Os dados foram pontuados durante reportagem do Jornal Hoje, da Rede Globo.

O INSS pontua que os sistemas de concessão de benefícios estão tendo que ser atualizados para adequar-se às novas regras. Tendo em vista que, os cálculos de concessão de benéfico não são realizados de forma manual.

Governo anunciou, na última semana, o interesse em realizar uma força-tarefa para tentar zerar a fila de espera dos pedidos do INSS até dezembro de 2020.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média:
Total de Votos:

Mau momento para fazer pedidos no INSS? Entenda o cenário de crise

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA