BC propõem novo feirão dos bancos e número de beneficiados surpreende

A oportunidade de renegociar dívidas no feirão dos bancos de todo o país movimentou mais de 820 mil pessoas em 2019, durante a última Semana Nacional de Negociação e Orientação Financeira, que aconteceu em dezembro. A expectativa é de realizar uma novo feirão para este ano.

publicidade
BC propõem novo feirão dos bancos e número de beneficiados surpreende
BC propõem novo feirão dos bancos e número de beneficiados surpreende

Com o sucesso do último feirão dos bancos, beneficiando um número grande de pessoas e renegociando o equivalente a R$ 4,5 bilhões em dívidas. O diretor de diretor de Relacionamento, Cidadania e Supervisão de Conduta do Banco Central (BC), Maurício Moura, detalhou nesta segunda-feira (9) que bancos devem realizar em 2020 outros dois mutirões de renegociações de dívidas.

Veja também: Cobrança do cheque especial tem reviravolta e nova decisão

publicidade

A expectativa é realizar um a cada semestre. Sendo que cada um dos eventos vá atender uma média de um milhão de pessoas. Mas, ainda de acordo com o diretor, as iniciativas visam contemplar apenas pessoa física, e não serão direcionadas para empresas.

Maurício explica que o primeiro mutirão serviu de aprendizagem e espera que em novas oportunidades irão ajustar erros e contemplar mais pessoas.

“Vamos apurar as lições aprendidas no primeiro [mutirão] e melhorar o que foi feito. Queremos melhorar a parte de renegociação e de compartilhamento de educação financeira”, ressalta.

Durante a última ação, o processo de aconselhamento financeiro foi muito presente. A iniciativa apresentava um vídeo no qual continha dicas para a população logo após a formalização da negociação.

O vídeo foi visto por 560 mil pessoas nas agências dos bancos participantes. Já na internet, alcançou mais de 173 milhões de visualizações.

Graças ao sucesso, o mutirão teve o seu prazo de atendimento aumentado. Foram oferecidos descontos de em média 65% sob a dívida total, e o prazo médio para pagamento das dívidas foi de 58 parcelas. Na ocasião, os bancos prometeram oferecer até 92% de descontos aos clientes.

publicidade

Para participar da iniciativa o interessado comparecia a qualquer agência bancária, a qual tinha uma dívida, e informava o interesse em quitar seus débitos e ouvir as proposta. Cerca de 329 agências bancárias nas capitais de todas as unidades federativas funcionaram com horários estendidos até às 20h.

Participaram do feirão dos bancos as instituições: Banco BV (ex-Votorantim), Banco do Brasil, Banco Pan, Banrisul, Bradesco, Caixa Econômica, Itaú Unibanco, Safra e Santander.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

 

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.