IPVA e IPTU do DF pode ficar mais barato, basta atitude do morador; veja!

Os brasileiros que irão quitar seus impostos anuais fixos no Distrito Federal, podem pagar mais barato no  Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU do DF). Para isso, basta uma atitude de organização e participação do contribuinte. 

IPVA e IPTU do DF pode ficar mais barato, basta atitude do morador; veja!
IPVA e IPTU do DF pode ficar mais barato, basta atitude do morador; veja!

Os brasilienses podem utilizar nos tributos do IPVA e IPTU do DF os créditos do Nota Legal, a fim de diminuir os custos. Porém é preciso ficar atento, já que o cadastro só pode ser feito até o dia 31 de janeiro.

Leia também: IPTU 2020: quem vai pagar mais caro pelo tributo?

O contribuinte deve acessar o site oficial do programa e indicar o que deseja fazer com o valor disponível.

Lá o pagador poderá conferir os valores dos impostos atualizados, os descontos e poderá realizar a impressão do boleto para pagamento. 

Segundo dados da Secretaria de Economia da capital, no ano de 2019 os participantes do programa receberam, ao todo, R$86 milhões em abono.

O programa passou por reformulação e os contribuintes que têm os bens registrados passaram a ter direito a receber o benefício em dinheiro.

A partir do mês de junho, os consumidores poderão indicar as contas para que o governo possa depositar o saldo acumulado no programa. 

Os comerciantes da capital e do Estado passaram a perceber que os consumidores aderiram ao Nota Legal e estão pedindo cada vez mais.

Quanto mais notas cadastradas no site, maior é o abatimento no valor final do imposto sobre o IPTU e IPVA. 

Como usar o saldo para abater no IPTU DF e IPVA:

  • Primeiro, é necessário acessar o site e entrar em sua conta ou se cadastrar no programa. Para isso é preciso informar os seus dados pessoais no formulário;
  • Depois, realize a consulta na aba “ Saldo de conta-corrente”. Assim, irá aparecer o valor que o contribuinte tem;
  • Após, é só clicar em “utilizar” e escolher o imposto que deseja receber o desconto ou se deseja receber em ambos; 
  • Logo, é preciso informar o número de registro. O do IPTU é preciso o número de inscrição do imóvel e se for IPVA, informe o número do Renavam;
  • Digite o valor do saldo que será abatido. Vale lembrar que é possível utilizar quantias diferentes, do total que está a disposição, para obter desconto nos dois impostos;
  • Em seguida, é necessário informar o texto da imagem que aparecerá e clique em “utilizar créditos”;
  • Para finalizar, é só aguardar a mensagem de confirmação. É possível imprimir ou consultar o lançamento na opção “conta-corrente/ extrato”.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

IPVA e IPTU do DF pode ficar mais barato, basta atitude do morador; veja!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA