Saque do INSS: entenda como funciona para receber o benefício

Alguns beneficiários e até mesmo futuros segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) não sabem como receber o benefício trabalhista que é pago pelo instituto. Entenda como funciona o saque do INSS.

Saque do INSS: entenda como funciona para receber o benefício
Saque do INSS: entenda como funciona para receber o benefício

Os aposentados e pensionistas do INSS ao solicitarem o benefício e terem a sua aprovação, recebem em casa um cartão magnético que não é vinculado a nenhuma conta. 

Leia também: Pensionistas do INSS podem usar recurso contra oferta de consignado

Com este cartão, o beneficiário irá realizar o saque do seu dinheiro em qualquer casa lotérica, terminais de autoatendimento, correspondentes Caixa Aqui ou em agências da Caixa Econômica Federal. Para isso, basta utilizar a senha cadastrada. 

Caso o segurado deseje ele pode receber o seu benefício em sua conta, ele pode solicitar na agência bancária que faça a transferência do recebimento do benefício na sua conta pessoal. 

Porém, o cliente deve estar ciente que nesta categoria ele pode ter que realizar o pagamento de algumas taxas como a de manutenção e movimentação da conta. 

Para a realização do pagamento a Caixa Econômica estabelece um calendário definido primeiro pelo número de salários mínimos recebidos pelos segurados. 

O cronograma prioriza o pagamento de benefícios dos segurados que recebem até um salário mínimo. Nesta categoria de pagamento, o instituto realiza o depósito de um grupo por vez. 

Após o pagamento desse primeiro grupo, o instituto passa a pagar o segundo lote, onde se encaixam aqueles que recebem mais de um salário mínimo. Nesta categoria, são pagos dois tipos de segurados por dia no calendário.

Há segunda segmentação utilizada pelo instituto para os pagamentos, leva em conta também o número do cartão, que também influência nessa ordem de pagamento. Isso, pois o INSS utiliza o último número sem o dígito que se encontra no cartão após o traço.

Os beneficiários devem ficar ligados, pois há um prazo para que eles possam fazer o saque do INSS. O período é de até 60 dias para retirar esse dinheiro nas agências bancárias do país. A contagem começa a valer na data em que for realizado o pagamento do benefício.

Se o segurado não fizer o saque durante esse período, o dinheiro será devolvido para o INSS. 

Caso isso aconteça, é necessário que o beneficiário realize a solicitação do depósito novamente. A reversão pode ser realizada pelo site portal Meu INSS ou pela central telefônica 135.

Nesses portais, o beneficiário precisa informar dados como nome e CPF. Ao logar no site, o segurado precisa escolher a opção “Agendamentos/Requerimentos” e escolher “Novo Requerimento”.

Logo em seguida, precisa selecionar “Atualizações para manutenção do Benefício e outros Serviços” e escolher “Solicitar Pagamento de Benefício não Recebido”.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.