Veja como substituir carne por opção mais barata na ceia de Ano Novo

O preço da carne bovina no país disparou nos últimos meses. O principal responsável por isso foi a China, que está enfrentando um surto de peste suína que matou milhões de porcos na Ásia e passou a procurar a carne no Brasil. 

publicidade
Veja como substituir carne por opção mais barata na ceia de Ano Novo
Veja como substituir carne por opção mais barata na ceia de Ano Novo

Somente esse mês de dezembro, houve uma alta de em média 17%,levando em consideração o IPCA-15.

Leia também: Preço do gás de cozinha vai subir mais uma vez esse ano

publicidade

O IPCA prevê a inflação oficial para cada mês do ano, esse dado é levantado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Neste cenário o brasileiro precisa se preparar, pois o preço das carnes no país ainda devem continuar sendo altos por alguns meses até a oferta de animais voltar a crescer e a situação dos chineses se normalizar.

Com isso, os consumidores precisam buscar saídas para continuar tendo a proteína na mesa. Uma das opções são os pescados, pois o seu preço vem caindo desde o começo do ano. 

De pelo menos 18 tipos de pescados no Brasil, conforme a pesquisa do IBGE indica, 10 deles estão com os preços mais baixos no final deste ano. 

Opções para substituir a carne bovina por peixe

Os pescados que estão baratos são a anchova, cerca de 5,9% mais barata. O cação que está 4% a menos e a merluza que está 3,4% mais barata.

As proteínas que caíram durante o ano foram os peixes dourada, cerca de 6,6% e o vermelho com 5,9%. Foram levados em consideração as proteínas frango e suínos também.

publicidade

Já tilápia, salmão e o camarão ficaram mais caros, respectivamente com o aumento de 5%, 7% e 11%, de acordo com o IBGE.

No mesmo período pesquisado pelo Instituto, a carne de porco teve uma alta de em média 19,8%, já a carne de frango subiu em 9,5% e os ovos estão cerca de 10% mais caros para os brasileiros.

Nestas pesquisas é possível visualizar que em média, os pescados encerram o ano com uma alta de 0,56%, porém bem abaixo da inflação geral, que está em 3,9%. 

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

O IBGE verificou essas variações de preços até o dia 11 de dezembro. O valor da inflação do mês de dezembro ainda não foi divulgado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.