IPVA 2020 do Paraná recebe modernização da Receita

No próximo ano, a Receita Estadual do Paraná irá modernizar o seu sistema. Com isso os contribuintes do Estado deixarão de receber em sua casa a notificação de lançamento e as guias de pagamento IPVA 2020 do Paraná.

IPVA 2020 do Paraná recebe modernização da Receita
IPVA 2020 do Paraná recebe modernização da Receita

Essa medida fará com que a Secretaria de Estado da Fazenda economize cerca de R$8 milhões com impressão e envio de correspondências para os contribuintes. Os motoristas terão que entrar no site para imprimir o carnê de pagamento.

Para isso, basta inserir o número do Renavam, que se encontra no Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV).

Leia mais: IPVA de carro 0 km tem valor diferente? Entenda!

Após esse passo, o paranaense poderá realizar a escolha da forma de pagamento, à vista ou em três parcelas iguais.

O contribuinte não precisa ficar preocupado, essa será a única mudança realizada no imposto.

O pagamento continuará sendo pago com facilidade nos sete bancos credenciados pelo Estado como, Banco do Brasil, Itaú, Santander, Bradesco, Sicredi, Banco Rendimento e Banco Cooperativo do Brasil.

Para efetuar esse pagamento, sem a emissão de guia, o contribuinte precisa comparecer ao caixa com o número do seu Renavam. 

Já os motoristas que são clientes dos bancos credenciados, podem usar dos canais de atendimento eletrônico para quitar o débito. 

O calendário terá início no mês de janeiro, quando ocorrerá o vencimento da parcela única, que oferece 3% de desconto para aqueles que escolherem essa forma de pagamento.

A primeira parcela também vence em janeiro e as outras duas vencem nos meses de fevereiro e de março.

O Estado pretende arrecadar aproximadamente R$3,3 bilhões com o IPVA 2020 do Paraná. Desse montante, metade dos valores recolhidos serão destinados 50% ao município em que o veículo for licenciado. O restante ficará com o estado.

O IPVA é um imposto anual e o valor que será pago pelo contribuinte varia conforme o Estado em que está registrado. O dinheiro que é arrecadado com esses impostos é utilizado para financiar os serviços públicos como saúde, educação e transporte do estado.

A quantia a ser paga é definida com base na tabela Fipe, que aponta o valor do veículo por algumas características como marca, modelo e ano.

 

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

IPVA 2020 do Paraná recebe modernização da Receita

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA